segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Coleção Jorge Santos Instituto de Educação, Cultura e Arte Professor Jorge de Oliveira Santos, BH Curadoria: Cristina Fonseca.






COLEÇÃO JORGE SANTOS
​      A exposição Coleção Jorge Santos será aberta na próxima segunda-feira, 29/10 na Abcdéf Galeria de Arte, rua Padre Eustáquio, 567 - Carlos Prates e fica em cartaz até 28/12. A mostra tem a curadoria de Cristina Fonseca. Propõe uma reflexão afetiva baseada nas obras do acervo do Instituto de Educação, Cultura e Arte Professor Jorge de Oliveira Santos, com foco nas evidências e nas memórias que elas evocam, ao se moldarem à vida e obra do colecionador, professor e artista plástico Jorge Santos. Simultaneamente, a Abcdéf Galeria de Arte apresenta a Sala Especial: Evanice Schmidt - Pintura e Desenho, com obras da artista plástica dos últimos 10 anos de sua trajetória.
          O percurso colecionista de Jorge Santos, iniciado nos anos 1960, teve sua origem através do seu envolvimento com o universo das Artes Plásticas, quando estudou na Escola de Belas Artes de Belo Horizonte, graduando-se em Desenho e Plástica. Como  aluno do mestre Alberto da Veiga Guignard, na conhecida Escola de Guignard, localizada no Parque Municipal, conviveu com jovens artistas como Yara Tupynambá e Inimá de Paula,  entre outros. Foi neste período que o colega e amigo Wilde Lacerda executou seu retrato, em estilo moderno, cujo cenário era a cidade de Congonhas do Campo. Essa pintura tornou-se, então, a gênese de toda a coleção. 
        Conquistando condecorações como a qualificação de “Notório Saber” pelo Conselho Estadual de Educação do Estado de Minas Gerais (1982) e prêmios ao participar de bienais, salões de arte e exposições, como a 9 ª Bienal Internacional de São Paulo e o 11 º Salão Nacional de Arte Moderna de Belo Horizonte, o juiz-forano Santos teve obras incorporados às coleções do Museu Nacional de Santiago, no Chile e do Museu de Arte da Pampulha em Belo Horizonte, MG. 
            A coleção particular foi se formando à medida que aprimorava a carreira e ampliava as relações com artistas, críticos de arte, colecionadores e acadêmicos. Foi adquirindo os quadros motivado pelas afetividades da convivência, do tempo, dos lugares onde expunha e lecionava, além da consciência clara que tinha da necessidade da circulação e comercialização da obra de arte. Enfim, movido pelo desejo de preservar seus momentos, memórias, afetos e gostos pessoais.
       Como incentivador das Artes Plásticas e da profissionalização do artista plástico, fundou no ano de 2000, a Associação Cultural Professor Jorge de Oliveira Santos - Convir e a Abcdéf Galeria de Arte, com o objetivo de fomentar a arte e a cultura de Belo Horizonte e do Estado. A coleção particular foi, então, doada à Convir, que a impulsionou, sendo a mesma transferida ao Instituto de Educação, Cultura e Arte Professor Jorge de Oliveira Santos, também idealizado pelo mesmo.
          A exposição Coleção Jorge Santos é resultado desta história de vida, contada  através do recorte de 40 obras, entre pinturas, aquarelas e gravuras  dos seguintes artistas: Albino Amaral, Álvaro Fraga Damasceno, Assunção Madureira, Cristiano Coelho, Duarte, Elizabeth Lanna, Eudsonzica, Evanice Schmidt, Fernando Pacheco, Gislaine Moura, Hélio Siqueira, Iara Abreu, Manuel Francisco Lopes de Faria, Maria da Gloria  Lanza, Maria Ilce Maia, Mauro Silper, Vanda Lúcia Pereira, Vilma Rabello, Vulmar Santos, Wander Lara, Wilde Lacerda, Yara Tupynambá, além de obras do próprio Jorge Santos.
          Para a curadora Cristina Fonseca, recontar essa história pelo olhar do colecionador  é preservar uma época de desenvolvimento e efervescência da atividade criativa de Belo Horizonte, valorizando a cultura em diálogo consistente com a diversidade estilística, é promover a educação em sintonia com a arte, é fortalecer a circulação da produção das artes plásticas intensificando seu mercado. Mas é, antes de tudo, reconhecer a atuação progressista e empreendedora  de Jorge Santos e seu incansável labor pela difusão cultural e artística na região das Minas e seus arredores.    





Evanice Schmidt. Paisagem Acrílica s/ Cartão. 38 x 29 cm.

Jorge Santos Eh! E dessas montanhas sonhamos a liberdadeAcrílica s / tela. 82 x 82 cm

Hélio Siqueira O Descanso do Modelo Pastel s/ papel. 30 x 45 cm.


Mauro Silper. Paisagem no Éter. Acrílica sobre Tela.  60 x 80 cm.


Evanice Schmidt. Troncos e Curvas. Acrílica sobre tela.  80 x 60 cm.









Serviço: 
Exposição Coleção Jorge Santos
Abcdéf Galeria de Arte - Rua Padre Eustáquio, 567 - Carlos Prates. Belo Horizonte/MG
Abertura: 29/10, segunda-feira, 19 h às 22 h
Período:30/10 a 28/12/2018, de segunda a sexta, de 14 h às 18 h       
Curadoria: Cristina Fonseca
Contatos:
Abcdéf Galeria de Arte: 31 3278-4796 e 98483-0492 (Jorge Santos)

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now