segunda-feira, 30 de julho de 2018

Tributo a Júlio Pomar





Júlio Pomar (1926-2018)  Nasceu em Lisboa. Em 1942, matriculou-se na Escola de Belas Artes de Lisboa, onde permaneceu por dois anos, transferindo-se para Escola de Belas Artes do Porto. Juntou-se a um grupo de artistas chamado de Independentes. No início da carreira, foi influenciado por Portinari e os muralistas mexicanos Orozco, Diego Rivera e Siqueiros. Entre 1945-1957, participou do movimento Neo-Realismo. Foi um duro opositor do regime de Salazar. Foi preso e teve obras destruídas e outras confiscadas. Numa viagem a Espanha, estudou a obra de Goya com significativa influência em seu trabalho. Ilustrou o livro Don Quixote. Participou da Bienal de São Paulo. Em 1960, estabeleceu-se em Paris. Em 1988, esteve em Mato Grosso, Brasil acompanhado a filmagem de Quarup dirigido por Rui Guerra. A vida indígena trouxe mais assuntos para seu trabalho. Em 2013, foi inaugurado o Atelier-Museu Júlio Pomar para conservação e divulgação da obra do artista. Pomar dou 300 trabalhos. Recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Lisboa.



Gadanheiro, 1945. Museu Nacional de Arte Contemporânea.


O Almoço do Trolha, 1946-1950.



Maria da Fonte, 1957.


Cegos de Madrid, 1959.


Subúrbio.




Metro, 1964.



Chantily, 1965.


O Banho Turco, 1971.

Auto-retrato, Duas (ou Três) Laranjas e, de Pernas para o Ar, um Macaco, 1973. Coleção particular.



La Table de l'architecte, 1977.


Le Signe, 1978.

Le Luxe, 1979. Centro de Arte Moderna.

Série: Os Tigres, 1983.


Série: Os Tigres, 1983.

Fernando Pessoa, 1983. Painel de Azulejos, estação do Meropolitano Alto dos Moinhos, Lisboa.



Camões, 1983. Painel de azulejos, estação do Metropolitano Alto dos Moinhos, Lisboa.

Baudelaire, Edgard Poe, Mallarmé e Fernando Pessoa, 1983. Coleção Manuel de Brito.


Fernando Pessoa encontra D. Sebastião: Num "Caixão sobre um Burro Ajaezado à Andaluza", 1985.


Presidente Mario Soares. Museu da Presidência da República.



Fau Pas Tutt Noter. Duo de Piratas, 2001.

Le Jugemte de Paris, 2002.

Tartaruga, 2003.


A Viagem do Argonauta

Ilustração para o livro Don Quixote.


Vitrais para a Igreja da Sagrada Família.
Livro com três textos de Eça de Queirós e vinte desenhos de Júlio Pomar.

Museu Júlio Pomar, Lisboa.


Museu Júlio Pomar.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now