terça-feira, 17 de julho de 2018

Richard Diebenkorn





Richard Diebenkorn (1922-1993) Nasceu em Portland, Oregon. Aos dois anos, sua família mudou-se para São Francisco. Estudou arte na Stanford University. Entre 1943-1945, serviu como fuzileiro naval da Marinha americana. Ao sair retornou sua carreira e foi professor da California University até 1950. Abandonou a função e mudou-se para Albuquerque para cursar o Mestrado na University of New Mexico. Foi importante artista, na Califórnia, ligado ao Expressionismo Abstrato movimento dominante na arte de Nova York. Entre 1960-1970, associou-se a Bay Area Figurative Movement, que retomou a pintura figurativa. Diebenkorn não abandonou totalmente a abstração continuando nos dois estilos, nessa época criou a série Ocean Park. Nos últimos anos de vida, dedicou-se aos pequenos formatos. Participou das Bienais de Veneza e São Paulo. Recebeu o Prêmio da Academia de Arte e Letras Americana. Morreu em Berkeley.
Sem título, 1950. MoMA, Nova York.


Berkeley # 1, 1953.

Berkeley # 3, 1953.


Berkeley # 7, 1953-1954.


Berkeley # 8, 1954.


Berkeley, 1955. MoMA, Nova York.


Berkeley # 23, 1955


Woman on a Porch, 1958.


Girl with Plants,1960. Philips Collection, Washington.

Reclening Figure II, 1962. Litografia. MoMA, Nova York.


Reclining Nude-Pink Stripe, 1962. Metropolitan Museum of Art, NYC.


Seated Woman, 1967. Coleção particular.


Small Red, 1980. Coleção particular.


Isosceles Triangle and Right Triangle, 1980. Brooklin Museum.


Ocean Park (Number 30). Metropolitan Museum of Art, NYC.


 Ocean Park # 67.


 Ocean Park # 95.



Ocean Park # 130.
Ocean Park # 140. 1980. Whitney Museum of American Art, Nova York.
Tri Colors, 1981. Múltiplo.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Sonia Delaunay





Sonia Delaunay (1885-1979) Nasceu em Odessa, Ucrânia. Estudou em São Petersburgo e foi para Academy of Fine Arts em Karlshue, Alemanha. Em 1905, fixou-se em Paris. Lá, matriculou-se na Académie de La Palette em Montparnasse. Esse período, ela foi influenciado por van Gogh, Gaughin e Matisse.  Casou-se com o galerista alemão Wilhelml Uhde, parece ter sido uma relação com breve duração. Isso, abriu um caminho para o conhecimento do mundo artístico de Paris Em 1910, casou-se com o artista francês Robert Delaunay com quem teve o filho Charles. O casal criou o que seria uma nova versão do Cubismo, definida como Orfismo. Em 1912, em virtude da Primeira Guerra Mundial, Sonia mudou-se para Madrid e em 1915 rumaram para Portugal, onde tiveram grande contato com Eduardo Viana, Amadeo de Souza Cardoso e José de Almada Negreiros. Para sobreviver, ela fez os desenhos para a produção de Cleópatra e para a ópera Aída. A família retornou a Paris em 1921 e, ela fez roupas para clientes e amigos até abrir seu próprio negócio de moda. Ela foi agraciada com o título de oficial da Legião de Honra. Ela e o filho doaram 114 telas do casal para o Museu de Arte Moderna de Paris, que foram exibidas, sendo ela a primeira mulher viva  a ter exposição no Louvre. Atualmente há retrospectiva sobre sua obra na Tate Gallery, Londres.



Philomene, 1907. Coleção particular.



Portrait of Philomene, 1907.

La Prose du Transsibérien et de la petite Jehane de France, 1913. MoMA, Nova York.

Prismes Electriques, 1914. Centre Pompidou, Paris



Portuguese Market, 1915. MoMA, Nova York.

Market at Minho, 1915


Flamenco Dancer, 1916. Coleção particular.


Flamenco Singer, 1916.



Sem título, 1924-1925. Litografia.


The Fashion Spot, 1925. 



Composition 39, 1930.

Aeroplane Engines, 1937. Skissemas Museum, Lund.


Petite Autonne, 1938. Coleção particular.



Icarus

Magie des Rythmes, 1962. James Goodman Gallery.



Triptych, 1963. Tate Gallery, Londres.


 Syncopated Rhythm, The Black Snake 1967, Musée des Beaux-Arts, Nantes, France.

Jacob, 1968.


Composition, 1970. Coleção particular.



Retrospectiva na Tate Gallery, Londres.

domingo, 15 de julho de 2018

Imagem Semanal: Berço



Pieter de Hooch (1629-1684) Mother Lacing Her Bodice beside a Cradle, 1659-1660. Gemäldegalerie.  


George de la Tour (1543-1652) L' Adoration of Magi, 1645. Museu do Louvre, Paris.


Rembrandt (1606-1669) The Holy Familly with Angels, 1645. Hermitage Museum, São Petersburgo.


Samuel van Hoogstraten (1627-1678) Two Women by a Cradle, 1670.Spingfield Museum.



Jean-Honoré Fragonard (1732-18) The Cradel, 1761-1765.  Musée de Picardie, Amiens, France


Nicolaes Maes (1634-1692) A Little Girl Rocking  a Cradle, 1675. National Gallery, Londres.

William Hogarth (1697-1764) Gerard Anne Edwards in His Cradle, 1763.


-
Elisabeth Louise Vigée Lebrun (1755-1862) Marie-Antoinette de Lorraine-Habsbourg, Queen of France, and her Children, 1787. Metropolitan Museum of Art, NYC.


Jean-Baptiste-Claude Odiot (1763–1850) The Cradle of the King of Rome (NapoleonII), 1811. Kunsthistorisches Museum. Baseado em desenho de Pierre Paul Prud'hon.


Pierre Paul Prud'hon (1758-1823) Cadle of the King of Romenin Likeness of Love Sleeping, 1811



Jean Augustin Franquelin  (1798-1839)  El Niño Enfermo, 1830.  Museo Kunsthalle (Hamburgo). 

Théodore Joseph Canneel (1817-1892) Charles-Quint et sa Maîtresse Jeanne van der Gheynst Devant le Berceau de leur Fille Marguerite, 1844. MSK, Gent.



Antonio Tantardini (1829-1879) A Young Child and a Baby in a Wicker Crib, 1863. Coleção particular.



Claude Monet (1840-1926) Jean Monet in his Cradle of the baby with Julie Vellay , 1867.

John Everett Millais (1829-1896)  A Flood, 1870. Manchester Museum, UK.



Berthe Morisot (1841-1895)The Cradle, 1872. Musée d'Orsay, Paris.



Vincent van Gogh () Girl Kneeling by a Cradle, 1883.


 Albert Anker (1831-1910) Girl Watching the Toddler in a Cradle, 1885. Coleção particular.

John Atkinson Grimshaw (1836 – 1893)  The Cradel Song, s.d. Coleção particular.

Johann- Nepomuk Ender (1793-1854)  Beside the Cradle, 1905.


Gustave Klimt (1862-1918) Baby Cradle, 1917-1918.



Nelson Leirner (1932-) Branca de Neve e os Sete Anões, 2011.


Robert Gober (1954-) Sem título, 1993-2013.




Elmgreen (1961-)  and Dragset (1969-) Eternit, 2014.

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now