quarta-feira, 4 de abril de 2018

Galeria Murilo Castro: Segunda Natureza - Christus Nóbrega e Máquinas Mínimas - Gê Orthof.



GALERIA MURILO CASTRO ABRE SIMULTANEAMENTE DUAS EXPOSIÇÕES INÉDITAS EM BELO HORIZONTE

De 5 de abril a 5 de maio, “Segunda Natureza” e “Máquinas Mínimas” poderão ser vistas gratuitamente pelo público da capital

Duas exposições, dois artistas, um só lugar. Durante todo o mês de abril e começo de maio, a Galeria Murilo Castro, um dos principais espaços de divulgação e fomento da arte contemporânea de Belo Horizonte, abre as portas para duas mostras gratuitas e inéditas na capital: Segunda NaturezaMáquinas Mínimas. As exposições serão abertas no dia 5 de abril, às 19h, em um Art Talk com a presença de Christus Nóbrega e Gê Orthof, nomes que assinam as mostras respectivamente. O público poderá conferir as obras até o dia 5 de maio.

Segunda Natureza traz a arte provocativa de Nóbrega, que é professor de Artes Visuais da Universidade de Brasília (UnB), doutor e mestre em Arte Contemporânea. Trata-se de um recorte de pesquisas realizadas entre 2012 e 2016 que propõem uma reflexão sobre a história decorrente de nós mesmos, a partir do questionamento do que buscamos criar como legado, como explica o galerista Murilo Castro. “Nesta exposição, os trabalhos condensam uma tensão sobre a condição humana constituída historicamente, buscando ressaltar que o conceito de segunda natureza reflete tudo aquilo que é colocado pelo sujeito que é consciente de si, ou seja, livre”, diz.

Nóbrega investiga a imagem a partir da interface com outros campos, como a botânica, a medicina e a tecnologia. Nesse sentido, fotografia, vídeo, arte tecnológica e instalações estão entre as possibilidades da produção do artista. Algumas peças de Segunda Natureza também serão expostas na ArtBH, feira de Arte Contemporânea que acontece em Belo Horizonte, entre os dias 3 e 6 de maio, no Centro Cultural do Minas Tênis Clube.


Pequenos objetos, grandes impactos

Em Máquinas Míninas, o artista Gê Orthof surpreende ao dar grandes significados a objetos e ações aparentemente insignificantes, pequenos. São colagens tridimensionais que provocam, nos fazem reavaliar o sentido e os registros das nossas viagens pelo mundo e os instrumentos que investigam e escancaram nossas vulnerabilidades. “Orthof cria diminutos arquipélagos de viagens que contrapõem culturas distintas, geometrias improváveis e o poder de tesouros das pessoas despossuídas. Em tempos de complexas acelerações, Máquinas Míninas é pouso e pausa”, pontua Castro.

Na exposição, o artista também apresenta a instalação Passaquan, que foi parte da exposição coletiva The Road Less Traveled (2017), incluída na lista das 20 melhores exposições do ano nos Estados Unidos, em 2017, pela revista Hyperallergic.


Gê Orthof, Máquinas mínimas, Casamicciola panorama, Acrílico, postais, balsa e bic. Desenho assemblage, 63 x 21 x 6 cm, 2018.


Christus Nóbrega, ÁRVORE GENEALÓGICAS, Impressão jato de tinta sobre folhas colhidas no outono, 35 x 35 cm, 2014


Sobre a galeria

Nasce da essência, do ímpeto e da curiosidade do colecionador-galerista que busca incentivar, promover e impulsionar novas expressões com absoluto respeito aos grandes artistas que moldaram a nossa arte contemporânea. Há quase duas décadas, a Galeria Murilo Castro é um elo que liga a história de obras, artistas e colecionadores.

Um espaço aberto a novas ideias e novas experiências, onde a poética das obras ocupa o vazio e conduz em direção a novas sensações. Feita do encontro entre a inquietude do gênio criativo, as formas, os volumes, as cores e texturas e a arquitetura de linhas puras que é invadida pela luz natural, criando um vínculo mágico entre o observador e a obra.

SERVIÇO

SEGUNDA NATUREZA E MÁQUINAS MÍNINAS 

Quando? 5 de abril – 19h (abertura), 20h (Art Talks) – até 5 de maio
Onde? Galeria Murilo Castro – R. Benvinda de Carvalho, 60 – Santo Antônio, de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e aos sábados, das 10h às 14h.
Informações: (31) 3287-0110 ou murilocastro.com.br





Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now