quinta-feira, 15 de março de 2018

Geraldo Marcolini no Paço Imperial


GERALDO MARCOLINI

Fim de semana em Cabo Frio
Texto de Paulo Mendes Campos
Nessa mostra, Geraldo Marcolini apresenta uma série de pinturas a óleo realizadas a partir de um arquivo de imagens fotográficas, tanto pessoais quanto apropriadas do universo digital. Se em um momento anterior Marcolini trabalhou com procedimentos de pintura impressa e em tons mocromáticos que se relacionavam com processos mecânicos da indústria gráfica, nessa nova produção há um resgate tanto da cor como de uma certa gestualidade. A tinta a óleo ressurge como catalisadora dessa volta às cores, do gesto, do “inacabado”. Ao mesmo tempo permanece o interesse do artista pela arquitetura e por paisagens inabitadas, aparentemente anônimas, em sua maioria de piscinas e áreas de lazer de residências, condomínios e clubes. Lugares de recreação e descanso, que evocam o hedonismo vazio dos fins de semana na praia, dos churrascos â beira da piscina das famílias abastadas ou mesmo das pool parties regadas a drogas sintéticas e house music. Títulos como Alugue Temporada e MDMA fazem referência direta a esses prazeres de aluguel. Certo aspecto de decadência está presente em algumas obras, sugerido por piscinas vazias ou lodosas, de casas ou hotéis que já viram melhores dias. O texto que acompanha e dá título a exposição, uma crônica do escritor e poeta mineiro Paulo Mendes Campos, foi escolhido pelo artista por exprimir o desencanto e a futilidade dessa busca por alegrias passageiras, fugazes, típicas dos fins de semana na praia.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now