sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Gert Heinrich Wollheim




Gert Heinrich Wollheim (1894-1974) Nasceu em Dresden. Estudou no College of Fine Arts, Weimar entre 1911 e 1913. Foi convocado para 2a Guerra Mundial tendo sido ferido. Após a baixa, viveu em Berlim e com outros pintores fundaram uma colônia de artistas em Remels. É associado a Nova Objetividades e ao Expressionismo. Em 1919, com Pankok fundaram a Young Rhineland ao qual se juntaram Max Ernest, Otto Dix e Ulrich Leman. Em 1925, mudou-se para Berlin. Com a chegada de Hitler ao poder em 1933, sua obra foi declarada arte degenerada e muitos trabalhos foram destruídos. Mudou-se para Paris. Foi um dos fundadores da Union des Artistes Allemands Libres, criada em Paris em 1937. Em 1939, foi  levado para um campo de trabalho forçado até escapar em 1942 e esconder-se nos Perineus. Com o fim da guerra, ele e sua mulher voltaram para Paris. Em 1947, fixou-se em Nova York, tornando-se cidadão americano. Em 2000, retrospectiva na August Macke Haus, Bonn. 



The Wounded Man, 1919.


This Is the Bad Uncle Dix, 1923. Tate Gallery, Londres.

Farewell from Düsseldorf, 1924.


Portrait of Tatiana Barbakoff, 1928.


Sem título, 1926.


Woman with Parrot, 1929.

Self-Portrait Declaiming, 1936.


Sem título, 1943.


Die Kartenpelier, 1946.


Der Mädzen, 1946.


The Musician Ton Don, 1950.


Swiss Landscape with Garden by a Lake, 1954.



Blutleere Mutter trägt ihr Allerheiligstes (2. Fassung), 1969.


Farmer.

The Artist Painting.

Sibile du Mont.

Passanten.

En el Circo.

Maria Bueloni, Adriana Cangalaya, Stella Margarita, Camila Valdeavellano 4 Cantos Pinturas Curadoria Luiz Ernesto na Galeria Antonio Berni


quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Cicatrizes Urbanas: Roberto Müller na Galeria J. Inácio – Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe

Cicatrizes Urbanas , título da presente mostra que o artista Roberto Müller apresenta na capital sergipana, explora situações cotidianas, relatos e fatos comuns ao indivíduo, observados e aqui traduzidos em outra roupagem.
A pesquisa é baseada no estabelecimento de relações, tendo o pensamento por associação como um dos principais recursos, além da relação entre as palavras e a presença de textos. O artista se apropria de questões e atravessamentos sociais, aqui reconfigurados na forma de objetos. 
Assim, citações, imagens e utilização de materiais corriqueiros são ressignificados para além de simples objetos do cotidiano e tornam-se materiais apurados, onde as próprias obras acabam por determinar sua própria escala e seu acabamento final; o discurso de cada objeto é que conduz ao suporte a ser construído e utilizado. 



Serviço:


Exposição: Cicatrizes Urbanas
Artista: Roberto Müller
Abertura: 06 de outubro de 2016, quinta feira, às 19h
Período: 07 de outubro a 06 de novembro de 2016
Local: Galeria J. Inácio – Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe
Rua Vila Cristina, s/n | Bairro: 13 de Julho
Horário: Segunda a Sexta: 9h às 17h
Fone: (79) 3179-1924

ArtRio Como Chegar. O Que Ver

ArtRio Como Chegar


Com a revitalização da
Praça Mauá e inauguração
do Boulevard Olímpico,
ficou muito mais fácil  o
acesso à ArtRio. Este ano,
a entrada da feira será
entre os Armazéns 1 e 2
do Pier Mauá.
VLT
Se optar pelo VLT, desça na Parada dos Museus
ou Parada dos Navios.

METRÔ
Desça na Estação Uruguaiana. Siga na direção leste na
Rua da Alfândega em direção a Rua Uruguaiana.
Dobre à esquerda na Av. Presidente Vargas. Depois
vire à esquerda na Av. Rio Branco. Ande até chegar à
Praça Mauá.
Para seu maior conforto,
evite vir de carro (são
poucas as opções de
estacionamento ou vaga
nas ruas). Escolha o
transporte público: táxi,
metrô, VLT, ônibus ou
barca.
BARCA
Visitantes que chegarem à Praça XV de barca podem
optar por uma caminhada de 20 minutos ou ônibus
(opção de mais de 20 linhas).

CARRO
Para quem vier de carro, indicamos o estacionamento
do RB1, sujeito à lotação. Endereço: Av Rio Branco, n° 1,
ou estacionamento da Cinelandia podendo pegar o
VLT no local. A feira não dispõe de manobrista.









A ArtRio é uma festa, um presente para o Rio de Janeiro. A possibilidade para todos estarem em contato com os artistas, galeristas e curadores. Lá, estão trabalhos de ícones da arte brasileira e internacional distribuídas pelas 73 galerias. 
Entre os estrangeiros: Andy Warhol, Beuys, Botero, Cris Ofili, Damien Hirst, Diego Rivera, Donald Judd, Joseph Albers, John McCracken, Liliane Porter, Luc Tuyman, Morandi, Neo Rauch,Picasso, Torres Garcia, Yayoi Kusama entre outros.
Alguns artistas brasileiros já falecidos: Antonio Bandeira, Becheret, Cândido Portinari, Cícero Dias, Di Cavalcanti, Gerchman, Guignard, Helio Oiticica, Ismael Ney, Ivan Serpa, Lasar Segal, Mira Schendel, Pancetti, Tomie Otake, Rego Monteiro, Sérgio Camargo, Volpi entre outros. Artistas contemporâneos estão os mais importantes.
Há várias livrarias com lançamentos  especiais e a presença dos autores. 
Em relação à alimentação todos estão contemplados com comidas de diferentes tipos.
É programa para uma tarde inteira e imperdível.





Inauguração. Alegria após um ano de trabalho duro.





Evandro Soares. Orlando Lemos Galeria.



Ivan Grilo. Luciana Caravello Arte Contemporânea.



José Bechara. Celma Albuquerque, Belo Horizonte.


Lucia Laguna. Fortes Vilaça.


Lucia Laguna. Fortes Vilaça.


Nelson Leirner. Silvia Cintra/Box4.


Ramonn Vieitz.  Portas Vilaseca Galeria.


Ricardo Siri. Galeria Mezanino.


Rodrigo Mogiz. Gabinete de Arte k2o


Rodrigo Torres. Gentil Carioca.


Yayoi Kusama. 

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

ArtRio Como Chegar


Com a revitalização da
Praça Mauá e inauguração
do Boulevard Olímpico,
ficou muito mais fácil  o
acesso à ArtRio. Este ano,
a entrada da feira será
entre os Armazéns 1 e 2
do Pier Mauá.
VLT
Se optar pelo VLT, desça na Parada dos Museus
ou Parada dos Navios.

METRÔ
Desça na Estação Uruguaiana. Siga na direção leste na
Rua da Alfândega em direção a Rua Uruguaiana.
Dobre à esquerda na Av. Presidente Vargas. Depois
vire à esquerda na Av. Rio Branco. Ande até chegar à
Praça Mauá.
  
Para seu maior conforto,
evite vir de carro (são
poucas as opções de
estacionamento ou vaga
nas ruas). Escolha o
transporte público: táxi,
metrô, VLT, ônibus ou
barca.
BARCA
Visitantes que chegarem à Praça XV de barca podem
optar por uma caminhada de 20 minutos ou ônibus
(opção de mais de 20 linhas).

CARRO
Para quem vier de carro, indicamos o estacionamento
do RB1, sujeito à lotação. Endereço: Av Rio Branco, n° 1,
ou estacionamento da Cinelandia podendo pegar o
VLT no local. A feira não dispõe de manobrista.
















Piet Mondrian





Pieter (Piet) Cornelis Mondrian (1872-1944) Nasceu em Amesfoort, Holanda. Filho de pastor calvinista, estava orientado para seguir a carreira religiosa, mas não era sua vocação. Estudou Academy of Fine Arts, Amsterdam. Durante os primeiros anos de carreira, trabalhou como professor e caminhoneiro. Nesse período foi influenciado pelo Naturalismo e pelo Impressionismo. O estudo de Teosofia enriqueceu  sua vida e a obra de Mondrian, levando-o ao Simbolismo.  Foi, ainda, influenciado pelo Cubismo.



Moulin au Soleil Rouge, 1908.


Trees on the Gein: Moonrise,1908. Haags Gemeente Museum, The Hague


The  Red Tree, 1908 Haags Gemeentemuseum, Haag.


Sun, Church in Zeeland, 1909. Tate Gallery, Londres.



Grey Tree, 1911.  Haags Gemeentemuseum, Hague.


Still Life with Ginger Jar I, 1911-1912.  Haags Gemeentemuseum, Hague.


Compositio No 9, Blue Façade, 1913-1914. Foundation Beyler, Basel.

Pertenceu ao grupo DeStijl com Theo van Desburgo. Evoluiu  para, a partir de 1917, Neo neoplasticismo, não só uma teoria artística, mas uma verdadeiro códico de conduta e de vida..  As linhas pretas definem espaços preenchidos ou não com uma das cores , primárias. Após a guerra, Mondrian foi para Paris, depois Londres e para Nova York, onde continuou a sua revolução da arte. Nessa cidade permanece até sua morte.



Composition in Brown and Gray, 1913. MoMA, Nova York.


Composition in Oval with Color Planes I, 1914. MoMA, Nova York.



Composition in Color A, 1917.  Rijksmuseum Kröller-Müller, Otterlo.


Composition with Color Planes, V, 1917. MoMA, New York.



 Composition with Gray and Light Brown, 1918. Museum of Fine Arts, Houston.


No. VI Composition No. II., 1920. Tate Gallery, Londres.


Composition, 1921. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


 Composition with Red, Yellow and Blue, 1921.


 Composition with Red, Blue and Yellow, 1930.  Kunsthaus, Zurique.


Composition with Double Lines and Yellow (unfinished), 1934. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Composition B (No. II) with Red, 1935. Tate Gallery, Londres.


Composition with Yellow, Blue and Red, 1937-1942. Tate Gellery, Londres.


Trafalgar Square, 1939-1943. MoMA, Nova York.


 Broadway Boog-Woogie, 1942-1943.  Metropolitan Museu of Art, New York.








 Victory Boogie-Woogie, 1943-1944. Coleção particular.




Piet Mondrian 1872-1944 _ Haags Gemeentemuseum: The Hague, 1994.
Schapiro M. _ Mondrian a dimensão do humano_ São Paulo: Cosac & Naify, 2001.
Mondrian Ecole de la Haye De Stijl _ Booking International, 1994.

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now