quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Mel Chin


Mel Chin (1951-) Nasceu em Houston, Texas de pais chineses. Cedo trabalhou na confeitaria do pai. Estudou na Peabody College Nashiville, Tenesse. Mel Chin tem uma obra difícil de classificar, embora a maioria o classifique como artista conceitual. Utiliza-se de vários meios tais como desenhos, objetos, performances, instalações e filmes. Seus trabalhos misturam poesia e ciência e incluem avaliação de circunstâncias políticas, sociais e culturais.Participou das Bienais de Havana, Veneza e Gwangju. Recebeu inúmeros prêmios e bolsas tais como: National Endowment for the Arts, New York State Council for the Arts, Art Matters, Creative Capital, and the Penny McCall, Pollock/Krasner, Joan Mitchell, Rockefeller and Louis Comfort Tiffany Foundations. Em 1983, mudou-se para Nova York, onde vive e trabalha. É representado pela Jonathan Ferrara Gallery.


Seven Wonders Cada coluna foi construída com pinturas de 1050 crianças transferidas para chapas de aço. Cada uma delas fala de um assunto: agricultura, energia, produção, filantropia, transporte, medicina e tecnologia. Senquicentennial Park, Houston.


Homage to Cornell, 1976


Red Skeleton, 1983


Homey y Sew, 1984.


Directions, 1988.


lava Prision Bed for Georeg Calciu-Dumitress, 1982. Instalação para denunciar as péssimas condições na prisão de um padre romeno.


Molusca Memento Mori, 1985.


Not from the Neighborhood, 1985.


Support, 1991.


Spirit, 1994. Hishihorn Museum, Washington.


QWERTY Courbet, 2001.


The Cross for Unforgiven, 2002. A cruz maltesa das Cruzadas construída com fuzis AK48s.



Guantánamo, 2003. MoMA, Nova York. Lápis e lápis de cor.


Our Strange Flower of Democracy, 2005.


Untitutled History, 2005. Indiana limestone, Texas limestone


Temple of the New Gods, 2011.



Cabinet of Craving, 2012.


The Funk and Wag from A to Z, 2012.  The Station Museum of Contemporary Art, Houston, TX








Arthur, 2014.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now