quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Jabin Nunes Exposição Individual Centro Cultural dos Correios. Curadoria: Gilvan Nunes.








Exposição Trabalhos Recentes de Jabim Nunes




Nascido em 1963 na cidade de Parati, RJ. Desde 1970 vive no Rio de Janeiro.

Em 1991, foi licenciado em Educação Artística no Centro Universitário Metodista Bennett, e nesse mesmo ano, estreou numa primeira coletiva, tendo a essa altura 28 anos de idade.

Jabim se dedica a essa série de trabalhos há oito anos.
Foi recortando papel de maneira aleatória e contemplando a obra “Contra-relevo de Esquina”, do russo, Vladmir Tatlin ,que o artista encontrou inspiração para esta sua série, abandonando a moldura e desconstruindo a forma, usando a cor como reorganizadora do equilíbrio visual, promovendo paisagens arquitetônicas orgânicas de construtivismo social. Encontrou no mestre da Bauhaus, Paul Klee, as linhas e formas mais simplificadas, e nos novos pigmentos industriais as cores limpas de efeitos reluzentes com texturas Vangoghianas.

Até ser reconhecido, Jabim Nunes percorreu um longo caminho, entre assessoria artística, curadoria, produção cultural, cenografia, adereços e vitrines.

Sua consagração aconteceu no início do ano passado. Ao apresentar fotos desses trabalhos numa rede social, o artista se deparou com o convite de um marchand, que, encantado com a expressividade do seu trabalho, levou algumas de suas obras para coletivas pela Europa e pelos Estados Unidos, mas o ápice disso tudo aconteceu quando recebeu um comunicado informando que suas obras haviam sido escolhidas para compor os acervos do Consulado Geral do Brasil em NY e de uma galeria finlandesa.
Em seus trabalhos recentes, tem sido acompanhado pelo artista plástico, produtor visual, curador e crítico de arte Gilvan Nunes.
Nos últimos meses, Jabim Nunes vem participando de várias mostras aqui no Brasil e, ultimamente participou de quatro coletivas na cidade do Rio de Janeiro: a primeira foi no Clube de Engenharia, logo em seguida, na Galeria Solar Meninos de Luz, em Copacabana; no mês de outubro, na Casa Amarela de Santa Teresa, em comemoração à 26ª Artes de Portas Abertas e nesse mês de novembro assinou a curadoria e expôs na galeria Sandre Erse Studio, em comemoração à quarta edição da ARTIGO RIO_Feira de Arte Contemporânea na Barra da Tijuca.
 Agora, chegou o momento tão esperado para o artista: apresentar sua primeira exposição individual.
 A mostra tem a curadoria de Gilvan Nunes, que apresenta um conjunto de 23 trabalhos desenvolvidos nesses últimos meses. 
 A exposição acontecerá na galeria térreo do Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro. Com abertura marcada para o próximo dia 14 de dezembro, às 19 horas, e visitação de 15 de dezembro a 24 de fevereiro de 2017, de terça a domingo, das 12 às 19 horas.































Curador Gilvan Nunes.
Gilvan Nunes nasceu em Minas Gerais , vive e trabalha no Rio de Janeiro. Com obras em coleções como Gilberto Chateaubriand – Mam, RJ; Fundação Itaú Cultural, SP; Fundação R Maiorama, Belém, PA; Roni & Sam Jacobsen, New York;  Violy De Seve, New York; Martin Stannels, London; Prefeitura de Vila Franca de Xira, Portugal, e particulares.
Atuante nas artes visuais, teatrais e no meio musical,assinando a produção visual de  Luiz Fernando Guimarães, Patricya Travassos, Leonardo Vieira, Ney Matogrossso, Diogo Vilela. 
Iniciou no mundo da arte como assistente de Hílton  Berredo  quando estudante  do Parque Laje, junto ao  núcleo de aprofundamento,dirigido por  Beatriz Milhazes, Daniel Senise, Thomas Cohn,valendo ressaltar que Marcus Lontra teve um papel muito importante na sua carreira artística , resultando na liberdade da pintura.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now