sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Edvard Munch



Edvard Munch (1863-1944) Pintor e gravador norueguês. Sua infância foi marcada pela tragédia com a morte precoce da mãe e da irmã mais velha de tuberculose. A irmã menor sofria de doença mental e seu pai, médico militar era um religioso fanático e tinha uma difícil relação com o filho artista. Em virtude dos parcos soldos recebidos por seu pai Christian, a família vivia em extrema dificuldade financeira. Frequentou a Escola de Artes e Ofícios de Oslo. Sofreu influência de Courbet e Manet. Seus temas prediletos e recorrentes foram as paisagens, os retratos, a doença e a morte. Ganhou bolsa de estudos para  estudar em Paris, onde conheceu as obras de van Gogh, Gauguin e Toulouse-Lautrec, que influenciaram seu estilo e pensamento. Morou em Berlim, Florença e Roma. Na Itália seu interesse maior foi Rafael. Depois de dezoito anos, voltou para Noruega. Já adulto, tinha comportamento estranho sendo classificado como distúrbio bipolar. Aos trinta anos, pintou seu trabalho mais conhecido O Grito, obra representativa do Expressionismo alemão. Após sua morte, foi criado o Museu Munch com obras deixadas por ele em seu testamento. O governo nazista retirou suas obras de todos os museus por serem imperfeitas e não representarem o pensamento alemão. Além de abrigar pinturas, desenhos, gravuras estão cerca de 12000 de escritos durante a vida de Munch. 




 La Vieille Églide d'Aker, 1881. Munchmuseet, Oslo.


The Painter Jensen-Hjell, 1885.


 Le Mystère d'une Nuit d'Éte, 1892. Coleção particular.


Mytical Shore, 1887. Metropolitan Museum of Art, Nova York


 Clair de Lune sur la Côte, 1892. Coleção Rasmus Meyer, Bergen.


The Scream, 1893. The Munch Museum.

Vampire, 1893-1894. Litografia.

Ashes, 1894.

Woman in Three Stages, 1894.

By the Deathbed, 1895


Two Women on the Shore, 1898.


 Fumée de Train, 1900. Munch Museet, Oslo.


Separation, 1900. Litografia.


 Nuit Blanche, 1901. Nasjonalgallerier, Oslo.

Self-Portrait with Brushes, 1904. The Munche Museum, Oslo.


Girl Under Appel Tree, 1904. Carnegie Museum.


The Murderess, 1906. Museu Munch, Oslo.


Self-Portrait in a Bottle of Wine, 1907. The Munch Museum.


The Sick Child, 1907. Tate Gallery, Londres


Death of Marat, 1907.


Head to Head, 1908.

 Le Tronc Jaune, 1911-1912. Munchmuseet, Oslo.


Landscape Kragero, 1912. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


 Paysage de Printeprints à la Maison Rouge, 1935. Munchemusset, Oslo.









Munch _ Cercle d'Art, 2006.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now