sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Paul Nash O Pintor da Guerra.





Paul Nash (1889-1946) Nasceu em Londres e cresceu em Buckinghamshire.  Sua família morava numa bela casa com esplendoroso jardim, comprada por seu pai para maior conforto da esposa com doença mental. Ela morreu num hospício quando o artista tinha 20 anos.Estudou na Slade School of Art e Chelsea College of Arts. Serviu no exército na Primeira Guerra em 1945, quando foi ferido numa batalha e teve afastamento por motivos médicos e passou a morar em Kent. Influenciado por De Chirico. Foi pintor, gravador, ilustrador, fotógrafo e escritor. A Força Aérea o contratou como Artista de Guerra. Paisagens e cenas de guerra o tornaram famoso. No momento, retrospectiva na Tate Gallery, Londres. Ele se considerava sucessor de Willian Blake e Turner. Paul Nash, by Bassano Ltd.





Existence, 1917



Spring in the Trenches, Ridge Wood, 1917. Tate Gallery, Londres.


Ruined Country, 1917


Spring in the Trenches, Ridge Wood’, 1917.

Indians in Belgium, 1917


Wire, 1918



We Are Making a New World, 1918. Tate Gallery, Londres.


Void,  1918




Sanding Park, Kent, 1921. Manchester Art Gallery.



Berkshire Dows, 1921. Scottish National Gallery of Modern Art.



Whiteleaf Cross, 1931. The Whitworth, Manchester University.




Landscape Composition, Objectes in Relation 1934. Pallant House Gallery.



Equivalents for the Megalights, 1935. Tate Gallery, Londres.


Dead Sea, 1940-1941. Tate Gallery, Londres.



Battle of Btitain, 1941. Imperial War Museuns.



Landscape of the Bagley Woods, 1943. Glynn Vivian Art Gallery Collection.



Eclipse of Sunflower, 1945. British Council Collection.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now