sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Colóquio Sombras que ficam - Conversa com Alê Fonseca e Marcelo Kraiser



Alê Fonseca  e Marcelo Kraiser - Foto Mateus Baranowski


CASA – OBRAS SOBRE PAPEL REALIZA O “COLÓQUIO SOMBRAS QUE FICAM” COM UMA CONVERSA COM ALÊ FONSECA E MARCELO KRAISER, DIA 16 
ARTISTAS ESTÃO NA MOSTRA “SOMBRAS QUE FICAM” E FALAM SOBRE FOTOGRAFIAS COM TÉCNICAS DO SÉCULO XIX 

No dia 16 de novembro, às 14h30, os artistas Marcelo Kraiser e Alê Fonseca convidam para o “Colóquio Sombras que ficam”, uma conversa sobre fotografia e técnicas primordiais do século XIX utilizadas na produção das obras que integram a mostra "Sombras que ficam", na cAsA – Obras Sobre Papel. Na ocasião, os artistas oferecem, ainda, uma visita guiada pela exposição.
Com curadoria de Susan O. Campo e texto crítico da professora doutora Maria do Céu Diel de Oliveira, a mostra, que fica na cAsA até dia 7 de janeiro, reúne mais de 30 trabalhos, entre individuais de cada artista e obras produzidas a quatro mãos, especialmente para a ocasião. São fotografias realizadas com técnicas do século XIX, que têm um processo lento: as imagens são feitas uma a uma e reveladas de maneira artesanal, o que possibilita interferências do tempo e gera imperfeições.
Marcelo Kraiser é natural de Belo Horizonte, poeta, fotógrafo, desenhista, músico, ilustrador, construtor de instrumentos sonoros, professor e doutor em Letras. Alê Fonseca também é natural de Belo Horizonte, tecladista e sintetista, fotógrafo e gravador.

SERVIÇOS
Colóquio Sombras que ficam
Inauguração: 16 de novembro, às 14h30.
Local: cAsA – Obras Sobre Papel (Avenida Brasil, n° 75).
Visitação da exposição: até 7 de janeiro de 2017.
Horário de Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 10 às 19h.
Sábado, das 10 às 14h.
Informações: (31) 2534-0899
Entrada Gratuita.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now