quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Abertura exposição | Elvis Almeida "Certezas para dobrar" na Mercedes Viegas Arte Contemporânea.


Indicado ao Prêmio PIPA 2016, o artista plástico Elvis Almeida apresenta seus recentes trabalhos em exposição individual Certezas para Dobrar, na galeria Mercedes Viegas, na Gávea, a partir do próximo dia 10.
Elvis é carioca, tem apenas 31 anos e faz parte de uma turma de novos artistas cariocas, que se volta para a paisagem figurativa com despudor pop e ruídos de outras linguagens, como a música, o grafite e a tatuagem.   Há seis anos, ele vive um movimento frenético em sua carreira. Foram cerca de 30 exposições coletivas, duas individuais, além de prêmios como Projeto de Grafitagem, no 47° Salão de Artes Plásticas de Pernambuco.

Muitas cores e formas às vezes orgânicas, às vezes lembrando objetos e paisagens cotidianas aparecem em suas obras de técnica mista sobre madeira. Há o grafismo, há manchas de cor e muito desenho. “Costumo descrever essas peças, todas e ainda inéditas, como não-paisagens, repletas de referências gráficas, de gestos e repetições”, conta o artista.
Nesta individual, Elvis, que é assistente de Luiz Zerbini, expõe de 10 a 12 trabalhos nos quais as repetições, as dobras, aparecem com frequência, como descreve a cineasta Luisa Marques no texto de apresentação: “Aquela desarmonia infantil dos "borrões de pigmentos grosseiramente sobrepostos" quando jogávamos tintas sobre o A4 branco, dobrávamos a folha ao meio e, ao desdobrá-la, éramos aterrorizados por uma forma amebóide ou algo próximo a uma borboleta improvável”.


Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now