sábado, 3 de setembro de 2016

Ismael Nery





Ismael Nery (1900-1934) Nasceu em Belém do Pará e morreu no Rio de Janeiro. Aos nove anos, sua família mudou-se para o Rio de Janeiro. Aos quinze anos, matriculou-se na Escola Nacional de Belas Artes. Viajou para Paris, onde estudou na Academie Julien. Ao retornar ao Brasil, trabalhou no Ministério de Educação, onde conheceu o poeta Murilo Mendes, seu grande amigo e guardião de sua obra. Casou-se com a poetisa e jornalista Adalgisa Nery. Criou um sistema filosófico o Essencialismo de base católica e neo tomista em que pregava o ser humano como forma espiritual. Voltou a Paris e conviveu com Chagal, Andre Breton e Marcel Noll. Morreu de tuberculose pulmonar aos 34 anos. Sua obra pode ser dividida em três fases Expressionismo, Cubismo e Surrealismo e seus temas o nu, retratos e auto-retratos. Emanuel Nery contesta a classificação do artista como surrealista. Disse ele: "Ismael Nery sempre foi um pintor principalmente expressionista, simbolista e figurativo. Cada uma de suas obras _da infância à morte_ era temática sobre a religião, sobre a natureza humana, sobre o romantismo, mormente seus enfoques religiosos. Seus quadros e desenhos eram predominantemente produtos do seu consciente". Ismael Nery após sua morte ficou esquecido por bastante tempo, até ser escolhido para uma sala especial na Bienal de São Paulo. Hoje tem sua obra reconhecida e negociada por valores condizentes com seu valor.
Foi, também, poeta e teve seus versos reunidos e publicados por Murilo Mendes.


Casal, 1920. Coleção particular.


Figuras em azul, 1920. Fundação Nemirovsky, SP.


Autorretrato Toureiro, 1922. Coleção Chaim José e Regina Hamer.


Retrato de Murilo Mendes, 1923.


Retrato de Adalgisa, 1924.

Guerreiro, 1924. Nanquim e aquarela sobre papel.



Mulher Sentada com Ramo de Flores,1927. Coleção Cosette Alves. Foto Sergio Guerini Itaú Cultural.


Figura, 1927. MAC, USP., SP.



Nu no Cabide, 1927.


Namorados, 1927.


 Sem título, 1928. Foto: Pedro Osvaldo.


O Encontro, 1928.



Retrato de Adalgisa e Ismael, 1930. Fundação Nemirowisky, SP.


Anunciação, 1930.



Namorados



Perfil e Alma.   Coleção Banco Central


Duas Figuras Viscerais.



Mulher ao Luar. Coleção particular.


Dois Amantes. Coleção particular.







.













Ismael Nery 100 anos a poética de um mito _ Centro Cultural Banco do Brasil, 2000.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now