segunda-feira, 8 de agosto de 2016

William H. Johnson





William H. Johnson (1901-1970) Nasceu em Florence, Carolina do Sul.  Aos 17 anod, mudou-se para Nova York, onde estudou na Academy of Design, sob a orientação de Charles W Hawthrone, reconhecido artista da época. Após sua graduação, viajou pela Europa em busca de novos conhecimentos e inspiração.  Na Europa casou-se com a artista Holcha Krake, passando a viver na Dinamarca. Para fugir do Nazismo  retornou ao seu país dedicou-se a produção de pinturas no estilo popular/folclórico usando figuras em duas dimensões e acentuadas cores brilhantes. Sua arte não fez sucesso e, ele tornou-se professor para sobreviver. Algum tempo mais adiante, seus trabalhos começaram a interessar aos colecionadores, mas um incêndio destruiu seu ateliê e grande parte de sua obra. Sua mulher morreu de câncer de mama. Foram identificados sinais e sintomas de doença mental e seus últimos 23 anos de vida foram passados no Hospital Psiquiátrico Central Islip, Nova York. Em 2001, em comemoração ao seu centésimo aniversário, foi criado o prêmio William H. Johnson contempalndo a cada ano um jovem artista Afro-Americano. Seu espólio é representado pela Alexandre Gallery.




Street Musicians, 1939-1940. MoMA, Nova York.


Sowing, 1940.


Woman Ironing, 1940.


Going to the Church, 1941. Smithsonian American Art Museum, Washington.



Training for War, 1941. MoMA, Nova York.


Jitterbugs II, 1941. The Art Institute, Chicago.



Homesteaders, 1942.


Folk Family, 1944.


Self-Portrait, 1930-1945. Smithsonian American Art Museum, Washington.



Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now