quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Nós Edifício”, de Vitor Novato Galeria George Vincent, Aliança Francesa, Belo Horizonte.


ALIANÇA FRANCESA BELO HORIZONTE ABRE A EXPOSIÇÃO “NÓS EDIFÍCIO”,
DE VITOR NOVATO, AMANHÃ (17)
MOSTRA TRABALHA DIFERENTES MATERIAIS E TRAZ
A ASSEMBLAGE COMO TÉCNICA PRINCIPAL

No dia 17 de agosto, a galeria Georges Vincent, da Aliança Francesa Belo Horizonte, recebe a exposição “Nós Edifício”, de Vitor Novato. Utilizando a técnica assemblage, o artista trabalha o concreto, verniz, arame, madeira, cimento, gesso, tinta, entre outros materiais nas mais de 10 obras que compõem a mostra.
As obras possuem títulos fortes como “Entre nós”, “Sinto-me livre como um pássaro”, “Corpo inerte”, como seu impacto visual. Em “Uma janela para o jardim” o artista evidencia a relação entre homem e natureza intermediada pelo concreto, no qual a relação mais próxima que podemos ter com a vegetação se dá pela construção artificial, o jardim, e que em muitos casos pode não existir.
Em “Piscina” o espectador se encontra em uma grande caixa de concreto cheia de petróleo, mergulha nas ruas, que mais parecem rios de asfalto. “Somos dia após dia engolidos pelo concreto, mastigados pela boca do cimento, do consumo e da violência. Habitamos o cimento, vivemos como pássaros aprisionados em ninhos ou gaiolas de alvenaria”, explica Vitor Novato.
E completa: “Nos esfacelamos em pensamentos concretos, de modo que a nossa própria existência seja insustentável, passamos a depender quase que integralmente do modo de vida consumista e poluente, longe de relações saudáveis com a natureza nos edificamos, nos constituímos paredes, pedras de sentimentos, entraves de realizações, barragens de sensações, pedágios de sermos”.

Sobre Vitor Novato
Graduando pela Escola de Belas Artes da UFMG. Em 2013, participou da exposição coletiva Deriva7 juntamente com Augusto Hendricus e Renan Bolcont, e realizou uma intervenção artística no Instituto de Ciências Biológicas da UFMG. Em 2015 participou da exposição coletiva Zé do Monte: mestre tipografo e ministrou a oficina Monotipia: a impressão como alternativa plástica. Foi bolsista em um projeto interdisciplinar entre a Faculdade de Letras e a Escola de Belas Artes, em editoração. Atualmente sua pesquisa visual gira em torno das relações entre arquitetura/cidade e humanos, por meio de assemblages, pinturas, desenhos, gravuras, monotipias e esculturas que buscam explorar os confrontos mentais contemporâneos.





SERVIÇO
Nós Edifício – Vitor Novato
Abertura: 17 de agosto, a partir das 19h
Visitação: até o dia 14 de setembro.
Horários: seg. a qui. 8 às 21h / sex. e sáb. 8 às 16h30
Local: Aliança Francesa BH - Rua Tomé de Souza, 1418 – Savassi
Informações: afbh@aliancafrancesabh.com.br / 3291-5187
aliancafrancesabh.com.br


Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now