segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Galeria da Gávea SP-Arte/Foto 2016



PREVIEW
SP-ARTE/FOTO 2016
STAND 05 - SHOPPING JK IGUATEMI


 
De 24 a 28 de agosto acontece a SP-Arte/Foto no shopping JK Iguatemi.
A Galeria da Gávea apresenta os ensaios fotográficos de Celso Brandão, Cristina de Middel,
Julio Bittencourt, Ivan Padovani, Bruno Veiga, Ricardo Azoury e Luca Atalla. 

Cristina de Middel, Sharkification


Sharkification é a primeira série de Cristina de Middel elaborada no Brasil. A renomada fotógrafa espanhola viaja o mundo para criar ficções documentais baseadas em histórias reais representadas com figurinos e cenários hiperbólicos que suscitam questionamento do espectador. Em Sharkification, as favelas do Rio de Janeiro estão submersas em oceanos com arrecifes, peixes pequenos, grandes, sereias e tubarões, em direta alusão a lei do mais forte predominante nas comunidades. 
Download Preview

Celso Brandão, Caixa Preta
Caixa-preta é o resultado da imersão do fotógrafo Celso Brandão em sua terra natal, Alagoas, região do sertão nordestino rica em tradições construídas sobre as figuras do cangaceiro e do beato. Atualmente em exposição na Maison Européenne de la Photographie, Caixa Preta tem curadoria e texto crítico de Miguel Rio Branco e é celebrada pela Galeria da Gávea com 6 fotografias selecionadas especialmente para 10ª edição da feira. 

Bruno Veiga, Deserto Vermelho


O desastre em Mariana deixou muitas marcas na pequena cidade de Minas Gerais. Para além de ruína e desolação, deixou cicatrizes e manchas num vale que viu sua paisagem submergir no tsunami de lama. Bruno Veiga, vencedor do Prêmio Brasil Fotografia 2013 com a série Paisagem Blindada, desenvolveu um trabalho minucioso onde apresenta toda plasticidade da devastação tóxica em Deserto Vermelho, série destacada pela edição online da revista ZUM no mês de julho.

Ivan Padovani , Superfícies


Superfície é o mais recente ensaio de Ivan Padovani. Uma pesquisa que se estende desde 2015, na qual o artista continua a voltar o olhar para as costas de estruturas arquitetônicas encontradas na cidade. Ao invés das empenas cegas dos edifícios caracterizadas pelas linhas verticais e horizontais de Campo Cego (ensaio em destaque no catálogo da feira), Superfície apresenta stands de venda de apartamento com linhas predominantemente diagonais e uma certa ideia de instabilidade.

Julio Bittencourt, Plethora


Através de múltiplas fotografias que compõem cada imagem do ensaio, Plethora reflete sobre temas comuns à grande maioria da população mundial. Tem por objetivo utilizar o homem como personagem principal em cenários urbanos de massas ao dar uma visão global sobre a questão da superpopulação, colocando em discussão alguns de seus efeitos em 9 países onde este tema é particularmente agudo. O paulista Julio Bittencourt é reconhecido pelas séries Numa Janela do Edifício Prestes Maia 911 RAMOS. Inaugurou em 2016 a exposição Kamado na Galeria da Gávea e apresenta na SP-Arte/Foto o seu mais recente trabalho, Plethora.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now