quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Arqueologia Pessoal Casa Ateliê Ana Durães




Arqueologia Pessoal” é antes de tudo uma mostra afetiva na Casa Atelier da artista Ana Durães. Convidados por ela, um grupo de atuantes artistas visuais do cenário carioca, fazendo uso de diferentes linguagens, compõe a mostra. 

O ensaio “A Perversidade da Combinação “ de Clarisse Tarran nos faz refletir sobre esses espaços afetivos, únicos e pessoais como no trecho a seguir: ”Como se escolhem os objetos que farão parte de nossas vidas? Que estarão nas paredes que criam as fronteiras de nossas intimidades, no chão que sustenta nossa casa, do teto que nos abriga, nas mesas que sustentam nossas necessidades? Nossa casa primeira, é nosso corpo, que cobrimos, cuidamos e enfeitamos conforme nosso estado de espírito, nossa personalidade, nossa herança familiar e cultural. Nossa segunda casa é aquela que habitamos com nosso corpo, onde guardamos nossos pertences, portanto a extensão de nossa história e saberes.” 
Arquelologia Pessoal reúne os artistas Adriano De Aquino, Alexandre Lisboa Lago, América Cupello, Ana Tavares,Clarisse Tarran, Eduardo Mariz, John Nicholson, Luiz Paulo Rocha, Manfredo De Souzanetto, Mario Fraga,Marcelo Lago, Marcio Zardo, Osvaldo Luiz Gaia, Paulo Vieira, Paulo Jorge Gonçalves, Pedro Paulo Domingues, Raimundo Rodriguez. 
Assim como no ensaio, “esta é uma pequena reflexão sobre um modo específico de escolha dos objetos de arte, aqueles que deveriam nos acessar pela mente e pela alma, e terem como função primordial, existir como um fim em si mesmo.”

Projeto: Marcia Zoé Ramos| Escritório de Arte

Abre dia 27/8 às 16 h e permanece no espaço até 12/10, com visitas agendadas. Esperamos vocês.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now