quarta-feira, 9 de março de 2016

O Centro Cultural Correios Rio de Janeiro exposição Only You de Leonardo Kossoy Curadoria: Fernando Azevedo






CENTRO CULTURAL CORREIOS RIO DE JANEIRO
INAUGURA DIA 15 DE MARÇO, ÀS 19h
ONLY YOU
EXPOSIÇÃO com cerca de 140 Fotos, Instalações e Vídeos do fotógrafo LEONARDO KOSSOY
Visitação até dia 8 de maio de 2016
Entrada franca
Só você parece dar sentido a este mundo
Só você faz minha escuridão brilhar
Só você pode me encantar do jeito que você faz
E encher meu coração de amor
Só por você, somente você.

O Centro Cultural Correios Rio de Janeiro inaugura no dia 15 de março, às 19h, a exposição ONLY YOU apresentando cerca de 140 trabalhos do fotógrafo de vanguarda Leonardo Kossoy como fotos, instalações e vídeos. Com curadoria de Fernando Azevedo, a mostra apresenta imagens em cenas com os atores Gilda Nomacce e Germano Melo, clicados por Kossoy que pela primeira vez realizou  um trabalho em um estúdio.

Por quê ONLY YOU?

Oh, Oh, ONLY YOU
“Lembra do sucesso gravado na década de 50 pelo grupo The Platters que parece ter caído no gosto do ídolo Elvis Presley? O hit ultrapassou décadas e influenciou diversas gerações no mundo. A partir dos versos da música, o paulistano Leonardo Kossoy pegou emprestado o título em inglês e utilizou como tema de sua nova mostra: os desafios e as possibilidades do relacionamento a dois”, explica o curador Fernando Azevedo.

A realização do trabalho levou três anos sempre com mesmos modelos desnudos em situações dramatizadas sugerindo esquemas e tramas geométricos.  “Eu procurava o drama. Para realizar os ensaios eu encontrei um casal de atores que resolveram a questão da expressão cênica. Tinha que ser ator. Gosto muito de ópera, de gestos extremos”, explica o fotógrafo.

As novas investigações de Kossoy reveladas em ONLY YOU trazem à tona a falta de comunicação no contemporâneo entre os casais, as relações às cegas e os olhares que não se cruzam. É um trabalho recheado de questionamentos, supostas respostas e interpretações inusitadas. Assim como na vida, a história de cada um é sentida de um jeito particular: only you...

De acordo com o artista, a questão é mais complexa: “não quero falar da relação entre homem e mulher, mas da questão binária do pensamento. Na mente, existe um modelo binário. Você só consegue pensar em algumas coisas se imaginar o oposto”, afirma Kossoy, cujas “imagens idealizadas” investigam os limites da linguagem fotográfica, expandida por conceitos da literatura, das artes visuais e da psicanálise.

Para o curador Fernando Azevedo “até a nudez aqui é meio. O nu, que a tudo permeia, é o figurino de Kossoy. Como seus fundos negros indeterminados, a nudez também recusa referências de tempo e espaço. Uma cena de jantar a dois, que pode lembrar Buñuel, Almodóvar ou novela de TV, é a exceção que confirma a regra. Aqui as roupas são os props que provocam um dos poucos momentos eróticos do trabalho. A nudez mais ousada em ONLY YOU, porém, está mesmo no desnudamento da  noção insular de interioridade. Nossas singularidades como casal, talvez venham ser muito mais plurais e exteriormente partilhadas do que estamos preparados para admitir”.




A exposição ONLY YOU tem uma jornada itinerante. Estreou em 2014, no Instituto Tomie Ohtake em São Paulo, com grande sucesso. Foi apresentada este ano de 2016 de 22 de janeiro a 5 de março no Palácio dos Correios de Niterói e agora, chega ao Rio de Janeiro, no dia 15 de março no Centro Cultural dos Correios, ficando em cartaz até o dia 8 de maio de 2016.

LEONARDO KOSSOY

Paulistano, se formou em direito pela Universidade Mackenzie, mas desde os anos 60 enveredou pela literatura e pelas artes visuais, vinculando-se a vanguardas culturais.
Posteriormente, abandonou outras atividades para se dedicar exclusivamente à fotografia. Essas motivações interdisciplinares - entre a literatura, a fotografia e a pintura – confluíram numa fase mais recente para o estudo de elementos da obra dos pintores Caravaggio e Francis Bacon, principalmente nas definições de perspectivas, enquadramentos e iluminação. Leonardo Kossoy sempre viaja para fotografar no Mediterrâneo, motivado por referências literárias e mitológicas. Nas correspondências entre fotografia e literatura, o olhar poético sobre a realidade conduz seu trabalho. Leitor dos relatos de viagens de Patrick Leigh-Fermor, aproximou-se da questão das fronteiras e dos viajantes, como expôs na sua mostra “Desoriente: o Eu nômade” (2006/2007). No Mediterrâneo, aprofundou ainda sua relação com a geografia, a história da arte e a fotografia nos recortes poéticos da realidade. Kossoy já realizou as exposições “4 Un-Common Places in Brooklyn”(2004), “Desoriente: o Eu nômade” (Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo e Rio de Janeiro - 2006/2007), “Espanhas” (Centro Cultural da Caixa do Conjunto Nacional - 2007) e a coletiva “Onde a Água Encontra a Terra” (2009/2011) – ao lado de Fernando Azevedo e Carol Armstrong -, apresentada no Masp em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro, na Fundação Clóvis Salgado em Belo Horizonte, no Museu Oscar Niemeyer em Curitiba e na Casa das Onze Janelas em Belém. Em 2012, a convite do curador e escultor Emanoel Araujo, integrou a exposição “A sedução de Marilyn Monroe”, no Museu Afro Brasil.

FERNANDO AZEVEDO
Fernando Azevedo é fotógrafo e curador independente. Nascido no Rio de Janeiro, ele está baseado no Brooklyn, em Nova York, onde dirige o seu A/STUDIO. Tem mestrado em Artes pelo Pratt  Institute, NY, e mestrado em História da Arte pelo Graduate Center of The City University of New York. Seu trabalho foi exibido, entre outros lugares, no Museo Reina Sofia, Madri; MASP, São Paulo; Pinacoteca de São Paulo; Centro Cultural Banco do Brasil, Rio e São Paulo; na Fundação Clóvis Salgado, Belo Horizonte; Museu Oscar Niemeyer, Curitiba; e Casa das Onze Janelas, Belém. Atualmente escreve sua tese de doutorado sobre fotografia, literatura e arte em relação ao movimento “Ocupy Wall Street” no Departamento de Literatura, Cultura e Contemporaneidade da PUC-Rio.












SERVIÇO
ONLY YOU - exposição com cerca de 140 fotos, instalações e vídeos do fotógrafo Leonardo Kossoy
Curadoria de Fernando Azevedo
Inauguração 15 de março de 2016, às 19h
Centro Cultural Correios Rio
Visitação de 15 de março a 8 de maio de 2016
De terça a domingo das 12h às 19h
Entrada franca
Rua Visconde de Itaboraí, 20 (Corredor Cultural/Centro)
Telefone: 21 2253-1580
Censura: recomendado para maiores de 14 anos
Acesso a deficientes
Metrô: Uruguaiana

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now