quarta-feira, 30 de março de 2016

Galeria Lume e a evolução do conceito Arte Contemporânea na SP- Arte 2016



Galeria Lume e a evolução do conceito Arte Contemporânea na SP- Arte 2016
Cinco artistas questionam a arte e seu futuro como contemporânea em meio à evolução tecnológica

Galeria Lume preparou um projeto especial para a SP-Arte deste ano e leva cinco artistas, em suportes diversos, para explorar a evolução do conceito Arte Contemporânea, onde exibe o ponto de vista destes criadores - Anaisa Franco, Luiz Hermano, Kilian Glasner, Denise Milan e Martin Parr - com o seguinte questionamento: há um limite do contemporâneo ou a criação de estilos finaliza a partir do momento que nos liberamos da arte moderna?
Como destaques no espaço da galeria, Anaísa Franco gera relações que interligam o físico com o digital. A artista imprime comportamentos, sentimentos e imaginação nas obras de arte, que interagem com o espectador. Em suas esculturas plenas de organizações tortuosas, relevos e instalações, Luiz Hermano produz uma articulação metódica e rítmica de fios – cobre, alumínio, aço, entre outros. A escultoraDenise Milan, multidisciplinar, utiliza pedra como seu eixo criativo para criar obras em diferentes formatos: escultura, artes cênicas, poesia, impressão, arte pública e vídeo-arte. Martin Parr, um dos grandes estudiosos de novas formas de leitura da fotografia, acredita que tudo passa a ser diferente na fotografia daqui para frente, onde mais de um bilhão de imagens circulam por dia na internet. Kilian Glasner é conhecido por suas pinturas com carvão e pastel, de paisagens criadas de sua cabeça, porém com referências de todos os cantos por onde passou. . “Assim, o artista vai apoderando-se paulatinamente das coisas que pinta, roubando-as do mundo.”, comenta o curador que acompanha seu trabalho.
Diante da cada vez mais rápida evolução tecnológica e da apropriação da arte a estes processos, os meios de produção artística tem alterado com frequência e, cada vez mais se discute se criação artística atual será ainda caracterizada como contemporânea, ou se estamos em um momento de transição, que só será percebido e analisado futuramente.


Denise Milan.


 Luiz Hermano.




Martin Paar.

Galeria LUME – www.galerialume.com
SP-Arte 2016 – Stand B3
Período: 7 a 10 de abril de 2016
Local: Pavilhão da Bienal - Parque do Ibirapuera, Portão 3
Horários: Quinta a Sábado, das 13h às 21h. Domingo das 11h às 19h.
Ingressos: R$ 40,00 [inteira] R$ 20,00 [meia entrada*]
* Portadores do cartão Vale-Cultura, pessoas com necessidades especiais, estudantes, idosos [mediante apresentação de documento válido]

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now