sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Reminiscências Memória e Narrativa, Segundo Nove Artistas Visuais. Centro Cultural da Justiça Federal.





MEMÓRIA E NARRATIVA, SEGUNDO NOVE ARTISTAS VISUAIS

Com curadoria de Isabel Portella, o Centro Cultural Justiça Federal apresenta a exposição “Reminiscências”, onde nove artistas visuais atuantes do cenário carioca, usando diferentes linguagens, tratam o tema da memória e suas narrativas: Ana Kemper, AoLeo, Denise Adams, Elisa Castro, Helena Trindade, Lucenne Cruz, Jozias Benedicto, Rafael Adorjan e Ursula Tautz.

Pensar a memória como fenômeno da atualidade é trabalhar as possibilidades narrativas presentes no inconsciente que podem ser encontradas dentro de cada um e emergir em forma de sonhos, lembranças e registros. Provocar a articulação desse inconsciente em discurso é construir histórias e narrativas. Para trazer estas questões ao público interessado em arte, a curadora Isabel Portella convidou nove artistas do cenário contemporâneo carioca (Ana Kemper, AoLeo, Denise Adams, Elisa Castro, Helena Trindade, Lucenne Cruz, Jozias Benedicto, Rafael Adorjan e Ursula Tautz), de poéticas diferentes, para construírem trabalhos pensando a memória e a narrativa em uma visão estética atual. É a exposição “Reminiscências (memória e narrativa)”, que tem inauguração no dia 23 de fevereiro de 2016, a partir das 19h, no Centro Cultural Justiça Federal, no Centro do Rio.
Passagens do tempo deixam marcas que podem ser visíveis ou não e estas carregam em si os rastros deste fluxo de vida. A memória pode ser despertada por imagens, cheiros, sons, que permitem novas combinações de leituras, sentidos, redescobertas, sustos. As narrativas tem como ponto de partida experiências vividas ou imaginadas, que podem ser completadas com inquietações e anseios.
Os nove artistas partiram do mesmo ponto: busca de elementos que potencializassem a memória e a narrativa e, em conversas com a curadora, cada artista desenvolveu o seu trabalho especialmente para esta exposição: Ana Kemper, AoLeo e Denise Adams com fotos; Lucenne Cruz com objetos; Helena Trindade e Rafael Adorjan com fotos e vídeos; Jozias Benedicto com videoinstalações e uma performance; Ursula Tautz com uma montagem fotográfica e uma videoinstalação e Elisa Castro com objetos e uma videoinstalação.
A exposição Reminiscências (memória e narrativa) no Centro Cultural Justiça Federal fica em cartaz de 24 de fevereiro de 2016 até o dia 10 de abril e tem entrada franca.



Ana Kemper. Insular.



AoLeo. Ocidente Horionte II.



Demise Adams. Sem título.




Elisa Castro. Sem título.


Helena Trindade. Carta a Lygia.



Jozias Benecdito. Livros Queimados.



Lucenne Cruz. Imagem.



Rafael Adorjan. Religare.



Ursula Tautz. 




SERVIÇO
Reminiscências (memória e narrativa)
Centro Cultural da Justiça Federal
Av. Rio Branco, 241, Centro, Rio de Janeiro
Abertura: 23 de fevereiro de 2016, 19h
Em cartaz de 24 de fevereiro a 10 de abril de 2016
Horário de funcionamento: terça a domingo das 12:00 às 19:00h

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA
Jozias Benedicto (artista) - Cel (21)98101-4171   e-mail: jozias.benedicto@gmail.com
Isabel Portella (curadora) - Cel (21)99197-3630  e-mail: isabel.portella@gmail.com

Um comentário:

Jozias Benedicto disse...

Obrigado pela divulgação, Marcio ! Grande abraço!
Jozias

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now