sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Entre # 3 Coletiva - Portas Vilaseca Galeria




Prezados,

Realizada pela terceira vez na PORTAS VILASECA GALERIA, a exposição ENTRE #3 é uma coletiva que reúne nove artistas representados e um convidado.

AYRSON HERÁCLITO (1968)
Vive e trabalha em Salvador, BA.
O convidado Ayrson, que é um artista da diáspora africana, traz-nos uma fotografia em grande formato representando o ritual do “Sacudimento”. Ele tem sido notado na cena artística nacional e internacional.

CLAUDIA HERSZ (1960)
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.
Claudia exibe a escultura composta por objets trouvés “Icarus”, em referência à mitologia grega.

DANIEL MURGEL (1981)
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.
Como parte de seu léxico artístico, Daniel apresenta sua percepção acerca de três palavras: “apoio”, “macerar” e “resistir”, por intermédio de dípticos compreendendo inéditos desenhos aquarelados, que servem como croquis para as esculturas.

IRIS HELENA (1987)
Vive e trabalha em Brasília, DF.
Fruto da residência artística no Núcleo de Arte do Centro-Oeste em Alexânia, GO, Iris desenvolveu sua mais recente série: “Casa Pré-fabricada” em que imprime fotografias em fragmentos de parede erodidos pelo tempo. A peça intitulada “Vizinhança” participou recentemente da mostra “Interseções”, um projeto curatorial de Renata Azambuja para o Museu Nacional (Brasília).

ISMAEL MONTICELLI (1987)
Vive e trabalha em Cachoerinha, RS.
Ismael traz pela primeira vez à galeria a escultura “Satélite”, inspirada no conto “The Brick Moon” de Edward Everett Hale, de 1869. A obra recentemente participou da exposição sob curadoria de Daniela Name: “Ficções”, para Caixa Cultural (Rio de Janeiro).

JONAS AISENGART (1987)
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.
Resultado da inovação técnica que levou o artista à tridimensionalidade, Jonas mostra conjunto de esculturas da série: "Reliquinhas pot-pourri ou little things you wanna buy", feitas em cerâmica fria pintada como uma extensão de sua pesquisa pictórica que incorpora personagens históricos, religiosos e da cultura pop.

JORGE SOLEDAR (1979)
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.
Jorge nos traz a experiência de observar os registros que fez da performance “Arquiteturas Pessoas/Ambientes Mensuráveis”, em um políptico fotográfico. Nesta série, o artista faz medidas de espaços expositivos usando pessoas como unidade de medida. Outra obra desta mesma série, integrou a recente exposição “Aparição”, sob curadoria de Fernanda Lopes para Caixa Cultural (Rio de Janeiro).

LIN LIMA (1976)
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.
Lin apresenta um desenho efêmero, feito diretamente na parede da galeria, nas tonalidades bronze e vinho, de sua série: “Escamas”, representando formas orgânicas, fluidas e voláteis, as quais também são feitas sobre papel, tela ou madeira.

PEDRO VICTOR BRANDÃO (1985)
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.
Pedro Victor apresenta a obra “Guindaste”, da série “WYBINWYS”, acrônimo para a frase: “What you buy is not what you see.” A peça única consiste em um bloco de madeira onde uma fotografia em gelatina de prata é montada sob uma película refratora.

RAMONN VIEITEZ (1991)
Vive e trabalha em Recife, RJ.
Ramonn mostra recente e inédito retrato à óleo sobre madeira, representando personagem em posição de relaxamento e mistério - um devaneio particular, no qual revela intensidade cromática.

Até lá!


_______________________________________________________________

Dear Ones,

Performed for a third time at PORTAS VILASECA GALERIA, the exhibition ENTRE 3# [COME IN #3] is a group show which gathers nine represented artists plus one guest.

AYRSON HERÁCLITO (1968)
Lives and works in Salvador, BA.
The guest Ayrson, which is an artist of African diaspora, brings us a large scale photograph representing the ritual of “Sacudimento” [“Shake off”]. He has been noticed on the national and international artistic scene.

CLAUDIA HERSZ (1960)
Lives and works in Rio de Janeiro, RJ.
Claudia shows a sculpture composed by objets trouvés, in reference to Greek mythology. 

DANIEL MURGEL (1981)
Lives and works in Rio de Janeiro, RJ.
As part of his artistic lexicon, Daniel presents his perception about threeexpressions: “support”, “to macerate”, and “to resist”, through unseen diptychs comprise by water-coloured drawings, which are sketches for sculptures.

IRIS HELENA (1987)
Lives and works in Brasília, DF.
As a result of the artistic residency at Núcleo de Arte do Centro-Oeste – NACO [Center-West Nucleus of Art] in Alexânia, GO, Iris has developed his most recent series: “Casa Pré-fabricada” [“Prefabricated House”], which she prints photographs on wall fragments eroded by time. The piece entitled “Vizinhança” [“Neighbourhood”] took part recently in the show “Interseções” [“Intersections”], a curatorial project by Renata Azambuja for The National Museum (Brasília).

ISMAEL MONTICELLI (1987)
Lives and works in Cachoeirinha, RS.
Ismael brings for the first time to the gallery the sculpture “Satélite” [“Satellite”], inspired by the short story “The Brick Moon” by Edward Everett Hale, of 1869. The artwork recently took part in “Ficções”, curated by Daniela Name for Caixa Cultural (Rio de Janeiro).

JONAS AISENGART (1987)
Lives and works in Rio de Janeiro, RJ.
As a result of the technical innovation, which brings on the artist to tridimensionality, Jonas shows a set of sculptures from the series: “Reliquinhas pot-pourri ou little things you wanna buy”, made in painted ceramic as an extension of his pictorial research which incorporates historic, religious and pop characters.

JORGE SOLEDAR (1979)
Lives and works in Rio de Janeiro, RJ.
Jorge brings us the experience to watch the records he had done of the performance “Arquiteturas Pessoais/Ambientes Mensuráveis” [“Personal Architectures/Measurable Rooms”], in a photographic polyptych. In this series, the artist measures exhibition spaces using people as unity. Other artwork from this series was part o the recent show “Aparição” [“Apparition”], curated by Fernanda Lopes to Caixa Cultural (Rio de Janeiro).

LIN LIMA (1976)
Lives and works in Rio de Janeiro, RJ.
Lin presents an ephemeral drawing, made directly on the gallery wall, on the burgundy and copper shades, from his series “Scales”, representing organic, fluid, and volatile forms, which also are made on paper, canvas, or wood.

PEDRO VICTOR BRANDÃO (1985)
Lives and works in Rio de Janeiro, RJ.
Pedro Victor presents the work “Guindaste” [“Crane”], from the series “WYBINWYS”, acronym of the phrase “What you buy is not what you see.” The single edition consists in a wood block, where a photograph in silver gelatin is assembled under a reflective pellicle.

RAMONN VIEITEZ (1991)
Lives and works in Recife, RJ.
Ramonn shows recent and unseen oil on wood portrait, depicting persona in relax and mysterious position – a particular daydream, which reveals chromatic intensity.

See you there!

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now