segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Considerações sobe A Cama de Tracey Enin e Tim Walker, uma colaboração de Guido Cavalcante





O Marcio De Oliveira fez uma postagem sobre o fotógrafo de moda Tim Walker, na cama rodeado de bolos e tortas. Eu comentei justapondo a icônica cama da Tracey Emin, onde camisinhas usadas, maços de cigarro convivem com lençóis sujos e desordenados. Interessante perceber nessa justaposição, como a figura masculina denota uma preferência que é atribuída convencionalmente às mulheres, como o desejo por guloseimas e na aparência frágil do homem que abraça uma bolsa térmica sobre o abdome. A cama da mulher sugere alguém dotado de uma energia animal e que estava no comando da situação, o que convencionalmente é o comportamento masculino. Existe uma tendência entre as pessoas de olhar o trabalho confessional pelas mulheres como um derramamento de emoção não contida, a desacreditando como "muito feminina, trivial e auto-indulgente." Bem, Tracey Emin realmente levou sua própria cama para a galeria, eu acho que isso é muito feminino. Quanto a Tim Walker, se meteu numa cama cenográfica para uma matéria para a Vogue e montou uma paródia, nada mais masculino.


Guido Cavalcante é artista, editor de filmes e crítico de arte.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now