quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Claudia Hirszman Fotografias - Nirvana

 
 


Claudia Hirszman, nasceu em 1961, no Rio de Janeiro. Desde 2007 está mergulhada no território da fotografia e das artes plásticas e tem participado de diversas exposições coletivas. Na exposição no Nirvana, que é a primeira individual da artista, estarão expostas fotografias tiradas entre 2007 e 2014, na forma impressa, em uma proposta de interação com o espaço onde vão conviver por 3 meses.

A artista usa como linguagem a fotografia e a partir dela há um desdobramento para que alcance novos contextos e adquira novos significados. Há uma riqueza na interação entre o material produzido e o que ele vem a ser: vídeo, objeto, díptico, instalação...

Olha para as coisas simples do dia a dia, para coisas já usadas ou desgastadas, as que não costumam ser o assunto principal... os detalhes, a cor e a textura, como se fossem uma pintura que revela em si toda uma história. Procura dar visibilidade ao que está ali, mas nem sempre visível ao olho nu.

Ao trazer trabalhos mais antigos para o Nirvana, a repetição de padrões se torna mais evidente e o reconhecimento de que muito sempre foi a tônica, sendo na forma de muitos do mesmo em uma imagem ou muitas imagens do mesmo para quem conhece mais de perto o trabalho da artista, como as series das Portas, Fachadas e Minha Janela....

 
 
 
 
 
 

 
 
 
 

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now