domingo, 13 de setembro de 2015

Imagem Semanal: Adonis

Com a colaboração de Guilherme G.A. Fonseca


Adonis, na mitologia grega, corresponde a um belo jovem fruto das relações incestuosas entre Mirra e seu pai Théias., rei da Síria. Théias foi enganada pela filha e ela para não ser condenada à morte, foi transformada pelos deuses em uma árvore. Da sua casca nasceu Adônis. A beleza do menino era extraordinária e foi tomado por Afrodite ou Vênus, deusa do do amor. Ao crescer ambos se apaixonaram, mas Ares ou Marte, deus da guerra, amante de Afrodite descobriu a traição. Ele enviou um javali, que feriu mortalmente o jovem. Afrodite ao correr para socorrer seu amor feriu-se e seu sangue misturado com de Adônis transformaram em rosas vermelhas. Ele desceu ao submundo, onde governava ao lado de Plutão e a deus Perséfone, que por ele também se apaixonou. Para evitar uma briga entre as duas, Zeus determinou que Adônis passaria quatro meses com Afrodite, quatro com Perséfone na primavera e seria livre o resto do ano. Ele foi transformado no deus oriental da vegetação e associado ao calendário agrícola.


Autor desconhecido Adonis Mourant, 250-100 b. C. Museu Gregoriano Etrusco, Vaticano.


Autor desconhecido. s.d. Museum do Louvre, Paris


Tiziano Vecellio (1485-1576) Venus and Adonis, 1545-1546. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


After Luca Cambiaso (1527-1585) Lamenting the Death of Adonis, s.d. Metropolitan Museum of Art, Nova York.

Paolo Veronese (1528-1688) Venus and Adonis Dormant, 1580. Museu do Prado.



Hendrik Goltzius (1558-1617) Dying Adonis, 1609. Rijksmuseum, Amsterdã.


Peter Paul Rubens (1577-1640) Venus and Adonis, 1610. Museum Kunst Palast.


Janssens van Nuyssen (1567-1632) Vénus et Adonis, 1620. Coleção particular.


Jean Monier (1600-1656) La Mort d'Adonis, Château de Cheverny.



Laurent de La Hyre (1606-1656) Adonis Mort, s.d. Museu do Louvre, Paris.


Autor desconhecido. Venus Discovering the Dead Adonis, 1650. Cleveland  Museunm of Art.


Autor desconhecido. (1600-1699) Adonis, s.d. Rijksmuseum, Amsterdã.


Nicolaes Maes (1634-1693) Portrait of a Boy as Adonis, 1660-1680. Academy of Fine Arts, Viena.


Marcantonio Franceschini (1648-1729) The Birth of Adonis, 1684. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Giuseppe Mazzuoli (1644-1725) The Death of Adonis, s.d. Hermitage Museum, São Petersburgo.


Antonio Corradini (1688-1752) Adonis, 1723-1725. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Benjamin West (1738-1820) Venus Lamenting the Death of Adonis, 1768, Carnegie Museum.


Bartheleny Blaise (1738-1819) Adonis, 1785. Coleção particular.


Joseph Mallord William Turner (1775-1851) The Birth of Adonis, 1805. Tate Gallery.


Pierre-Paul Prud'hon (1758-1823) Adonis sentado en el umbral del tiempo, National Gallery, Washington.



Richard Hamilton (1922-2011) Adonis in Y Fronts, 1963. Tate Gallery, Londres.



Paul and Gilles Mort d'Adonis, 1999.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now