sexta-feira, 3 de julho de 2015

Marc Chagall pintor, gravador, ceramista e vitralista



Marc Chagall (1887-1985) Pintor, gravador, ceramista e vitralista russo. Nasceu em Vitebk na Rússia uma pequena e pobre cidade, onde metade era de judeus. Começou seus estudos com Yuri Pen, artista de sua cidade. O ídiche foi sua língua até aos 17 anos. A partir daí, começou a aprender russo, pois foi selecionado para estudar na Academia de São Petersburgo. Morou em Paris, onde conheceu os amigos Apollinaire, Max Jacob, Modigliani, Cendras e Delaunay. Com elementos do Fauvismo e do Cubismo construiu uma linguagem pictórica única. Muitas de suas obras  vem de recordações infantis, das lendas, contos e histórias russas judaicas e cristãs. Após a Revolução Russa em que o regime czarista foi derrotado, Chagall retornou a São Petersburgo e foi nomeado comissário de belas artes em sua cidade natal, onde, também, fundou uma escola aberta a todos os estilos. Nesse período, houve uma extraordinária mudança em seus trabalhos, ele retomou os temas judaicos, as paisagens de sua cidade e os retratos de familiares e amigos. Divergências com o grande Malevitch o levaram à demissão. Nesse período, pintou murais para o teatro judeu de Moscou. Casou-se com Bella e produziu muitas telas com ela como modelo. . Retornou a Paris. Ilustrou a Bíblia, Almas Mortas de Gogol, as Fábulas de La Fontaine e sua autobiografia. Entre 1941 e 1947, morou nos Estados Unidos, onde morreu sua mulher Bella. Retornou à França e criou os vitrais para Sinagoga da Universidade de Jerusalém e da catedral de Metz. Visitou Israel muitas vezes para realizar obras por encomenda. Recebeu a Grã Cruz do governo francês. Morreu em Saint-Paul de Vince. Exposição no Jewish Museum, Nova York. Em 1973 foi inaugurado o Museu da Mensagem Bíblica de Marc Chagall. Song of David.








The Betrohed, 1911. Metropolitan Museum of Art, Nova York.



Le Soldat Boit, 1912. Guggenheim Museum, Nova York.


 A Pinch of Snuff, 1912. Metropolitan Museum of Art, Nova York.




The Lovers,1913. Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Self Portrait with White Collar, 1914. Philadelphia Art Museum.


Remembrance, 1914. Guggenheim Museum, Nova York.

 The Marketplace, 1915, Metropolitan Museum of Art, Nova York.

Birthday, 1915.    Óleo sobre Cartão. MoMA, Nova York.



The Poet Reclining, 1915. Tate Gallery. Londres.


Purim, 1916. Philadelphia Museum of Art.



The Green Violinist, 1923-1924  Guggenheim Museum, Nova York.


The Failing Angel, 1923-1947. Jewish Museum, Nova York.


Jewish Praying, 1923. The Art Institute of Chicago.


In the Snow, 1922-1930. Guggenheim Museum, Nova Yok.


Solitude, 1933. Tel-Aviv Museum of Art.


Bouquet of Flying Lovers, 1933-1947. Tate Gallery, Londres.


The White Christ, 1938. The Art Institute of Chicago.


The Crucifixion, 1940. The Philadelphia Art Museum.



Cow with Parasol, 1946. Metropolitan Museum of Art. Nova York.


The Arabians Nights, 1948. Litografia. The Art Institute, Chicago.



The Dance of Circus, 1950. Tate Gallery, Londres.


The Blue Circus, 1950. Tate Gallery, Londres.


American Window, 1977. The Art Institute of Chicago.










Chagall _ Editora Globo, 2009.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now