terça-feira, 16 de junho de 2015

Jeff Wall artista e fotógrafo



Jeff Wall (1946-) Nasceu em Vancouver. Graduou-se na University British Columbia e cursou a pós graduação na Courtaud Institue, Londres. Professor da Nova Scotia College of Art and Design e Simon Fraser University. Recebeu prêmios tais como: Hasselblad Award, Ontorio Art Concils and Hofmann Roswitha Prize for Visual Arts. É Oficial da Ordem do Canadá. Suas fotos, em geral, de grandes tamanhos com referências a aristas como Velàzquez, Hokvsai, Goya e Manet e à literatura de Kafka, Mishima e Ralph Ellison. Por vezes, ele contrata atores para realizar o trabalho.Participou da Documenta de Kassel e Bienal de Shangai e individuais no Art Institute of Chicago, MoMA, Guggenheim, Tate Gallery e San Francisco Museum. Vive e  trabalha em Vancouver. Artista representado pela Marian Goodman Gallery. Em 2007, retrospectiva no MoMA, Nova York. Jeff Wall é um importante historiador da arte e fundador da Escola de Vancouver. Uma de suas obras está entre as 10 fotografias mais caras do mundo.Self-Portrait.




Milk, 1984. MoMA, Nova York.

The well, 1989.


Boy on TV ( For Parkett No 22), 1989.


The stumbling block, 1991. Transparência em caixa de luz 229x337 cm. Ydessa Hendeler Art Foundation.



Dead Troops Talk (a vision after an ambush of a Red Army patrol, near Moqor, Afghanistan, winter 1986), 1992. Tate Gallery, Londres.



A Sudden Grest of Wind (after Hokusai), 1993 Transparência em caixa de luz. 229x337 cm Tate Gallery, Londres

Volunteer, 1996. Louisiana Museum.





After Invisible Man by Ralph Ellison Prologue, 1999. MoMA, Nova York.


Blind Window Nr1, 2000.


View from Appartament, 2004. Tate Gallery.

A ventriloquist at birthday party, 2007.



Something Happens Poultry Dressing, 2007. Coleção Particular.

Knife Throw, 2008.


Siphoning Fuel, 2008.



Two Eat from Bag, 2009.

Boy Fall from Tree, 2010.

Boxing, 2011.

Band and Crowd, 2011.


Instalação na Marian Goodman Gallery.

Monologue, 2013.


Instalação no Museum of Contemporary Art, Austrália, 2013.

Instalação no Louisiana Museum, 2015. Foto: Poul Buchard.















Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now