terça-feira, 2 de junho de 2015

Frida Kahlo




"Em abril de 1953, menos de um ano antes de morrer aos 47 anos de idade, Frida Kahlo ganhou a primeira grande exposição de suas pinturas em sua terra natal, o México. Àquela altura sua saúde estava tão deteriorada que ninguém esperava que ela conseguisse comparecer à estréia, Porém, às oito da noite, pouco antes da abertura das portas da Galeria de Arte Contemporânea da Cidade do México, uma ambulância aparece. A artista usando seu traje mexicano tradicional favorito foi tirada do veículo e levada para dentro da galeria numa maca e acomodada em sua cama de quatro colunas, que havia sido instalada na galeria naquela tarde.... Um a um centenas de amigos e admiradores fizeram fila para cumprimentar Frida, depois formaram um círculo em volta da cama e cantaram baladas mexicanas até bem depois de meia-noite".

Hayden Herrera in Frida A Biografia.



Frida pintando o retrato de seu pai Guillermo.





Magdalena Carmen Frieda Kahlo y Calderón Frida Kahlo (1907-1954) Nasceu em Coyacan, México. Seu pai era alemão e fotógrafo e sua mãe uma mistura de índia com espanhol. Frida nasceu e cresceu em sua cidade natal na Casa Azul. Era a terceira de quatro irmãs. Aos seis anos, teve polimielite, doença que a deixou com um defeito físico e, em virtude das brincadeiras dos colegas, passou a usar calça ou saia comprida. Aos 18 anos, aprendeu gravura com Fernando Fernandez. Sofreu acidente de trânsito e uma peça metálica atingiu a região lombar, seu abdome e a pélvis com hemorragia grave. Internada, foi obrigada a usar colete de gesso, usado como suporte para suas primeiras pinturas. Aos 21 anos, foi admitida no Partido Comunista, onde conheceu o muralista Diego Rivera, com quem se casou. Foi uma relação muito tumultuada, com traições de ambos. Frida era bissexual e Diego tinha várias amantes inclusive a irmã de sua mulher. Frida engravidou várias vezes, mas não conseguiu levar a gravides a termo. Separou-se de Diego, tentou o suicídio algumas vezes. Anos depois, voltou a viver com o pintor, mas sem casar. A obra de Frida é autobiográfica. Seus temas abordam autorretratos, retratos de familiares e amigos, a representação de suas tragédias pessoais e a história, o folclore e a cultura de seu querido México. A obra de Frida é classificada por alguns como ligada ao Surrealismo. A casa onde nasceu é hoje o museu Frida Kahlo.




Portrait of Alicia Gallant, 1927. Museo Dolores Olmedo Patino, Cidade do México.


Portrait of Luther Burbank, 1931. Museo Dolores Olmedo, Xochimilco.


Frida e Diego, 1931, SFMOMA.



Henry Ford Hospital or The Flying Bed, 1932. Coleção Banco do México.


Unos Quantos Piquetitos, 1935.



My Grandparents, My Parents and I, 1936.  MoMA, Nova York.


Frida Kahlo My Nurse and I or Me Suckling 1937 Oil on metal panel 305 x 347 mm
My Nurse and Me or Me Suckling, 1937. Museo Dolores Olmedo Patino, Cidade do México.


Self-Portrait Dedicated to Leon Trotsky, 1937. Coleção  Banco do México.

Memory,  the Heart, 1937.


Fruits of the Earth, 1938. Coleção Banco do México.

Girl with Dead Mask. She Plays Alone, 1938

, 1
Self-Portrait with Monkey, 1938. Coleção do Banco do México.



Two Nudes in Forest, 1939. Fundação Frifa Kahlo.


Two Fridas, 1939. Museum of Modern Art, Cidade do México.


Self-Portrait with Cropped Hair, 1940. MoMA, Nova York.


Me and My Parrots, 1941.



Self Portrait as a Tebuana or Diego in My Thoughts or Thinking of Diego, 1943.



The Broken Colunn. 1944.


Whitout Hope ,1945.


The Wounded Deer or I Am a Poor Little Deer, 1946.


Self-Portrait, 1948. Collection Dr. Samuel Fasticht, Cidade do México.



Self-Portrait with the Portrait of Dr. Farril, 1951.


Portrait of My Father, 1951. Museu Frida Kahlo, Cidade do México.


Casa Azul. Museu Frida Kahlo.




"Espero alegre a minha partida, e espero não retornar nunca mais" 
Frida Kahlo




Frida Kahlo Pain and Passion _ Kettenmann A.: Taschen, 1993.
Frida A Biografia; Herrera, H. _ Editora Globo, 2011.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now