quarta-feira, 20 de maio de 2015

Díptico: Exposição de Simone Cupello e Victor Haim


Díptico

Exposição de Simone Cupello e Victor Haim

20 trabalhos em fotografia de tamanhos e suportes diversos
Curadoria de André Sheik

Abertura dia 29 de maio, às 19h
Entrada franca

Ao sol do meio-dia, não sou mais que sombra
Quando há mais luz, é que fico cego
André Sheik

A Galeria do Ateliê inaugura dia 29 de maio, às 19h, Díptico exposição de Simone Cupello e Victor Haim, com cerca de 20 trabalhos onde a fotografia é utilizada em tamanhos e formatos diferentes, mas que se completam como meio de expressão artística contemporânea. Curadoria de André Sheik. A Galeria do Ateliê fica na avenida Pasteur, 453, Urca (21 2541 3314).

Simone Cupello exibe esculturas modeladas com fotos de pessoas desconhecidas provenientes de álbuns e arquivos privados. Os retratados têm preservadas suas identidades, pois seus rostos não aparecem por inteiro. Simone “apaga”, quase que totalmente, rostos e corpos, o entorno e o contexto e as histórias dessas fotos. Já Victor Haim “retira” qualquer vestígio de subjetividade da fotografia, registrando imagens de cenas preparadas por ele, pequenos mundos imaginários criados com o uso de objetos e com o auxílio de uma iluminação dramatizada que enfatiza os contrastes entre luz e sombra, e que foram registradas com rigoroso apuro técnico.

Segundo o curador André Sheik “nenhum tipo de imagem dá conta do real. A fotografia é uma construção, um recorte. Não é a realidade, tampouco o registro dela. É uma perspectiva da realidade. A fronteira que tangencia o olhar do outro e o do autor é o que define uma obra. Os dois artistas desta exposição esgarçam a tensão entre uma representação e o nosso entendimento de mundo”.  Sobre as duas tendências apresentadas nesta exposição, Sheik define que ”nos dois casos, nessas suspensões operadas pelos artistas, há uma fricção entre materialidade e imagética”.

Os artistas

Simone Cupello é graduada em arquitetura, frequentou cursos de cinema na Espanha, na Itália e no Brasil. Em seu trabalho, opera fotografias, imagens de cinema e vídeo criando narrativas através de usos não convencionais e do deslocamento do lugar do observador. As imagens são apresentadas em grupamentos ou sequências, cortadas na edição digital ou fisicamente, esculpidas ou empilhadas, formando manchas e corpos informados (ora por situações específicas, ora por vozes e tempos inidentificáveis e plurais). Algumas obras interagem,  por vezes se mimetizam à arquitetura, ao espaço urbano, à natureza, e podem sofrer intempéries. Já participou de diversas exposições coletivas no Brasil e no exterior.


Victor Haim, desde cedo, transformava coisas antigas, quebradas, em outras coisas. Essa obsessão pela transformação perdura até os dias de hoje. Trabalhou em importantes montagens de peças teatrais, em Curitiba, Rio de Janeiro. A partir de 2002, começa a trabalhar com a câmera digital portátil e seus recursos de macro, encontrando no micromundo um fértil canal de expressão.
Junta sua bagagem teatral de cenografia aos recursos da câmera e passa a montar e fotografar micro instalações. No final de 2011, apresenta sua 1ª exposição individual com curadoria e texto de André Sheik. Em 2012 passou a maior parte do ano em NY estudando no ICP – International Center of Photography e expôs no The Out NYC. Em 2013, recebe o Prêmio Santander do 30º Salão de Arte Jovem do CCBEU de Santos. No ano seguinte é convidado pela Almacén Galeria para fazer parte do seu elenco, onde apresenta a exposição “Realidades Inventadas”, com Christiana Guinle e curadoria de Marcelo Campos.

André Sheik é poeta, músico, compositor, redator, curador independente. Teve textos publicados em livros, catálogos de exposição de arte  e em diversas revistas, escrevendo sobre o trabalho de artistas como Adriana Varejão, Maurizio Catelan, Ann Hamilton, Sebastião Salgado e Speto. Produziu, a pedido dos próprios artistas, textos a respeito das exposições de Raul Mourão, André Parente e Kátia Maciel, Daniel Toledo, Gabriela Maciel e Alexandre Przewodowski. Curador de diversas exposições individuais e de coletivas. Desde 1999, expôs em mostras em Portugal, França, Polônia, EUA, Suécia, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Cuba e Brasil. Participou, como convidado, de seminários na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), ministrou oficinas na Universidade Federal Fluminense (UFF), no Ateliê da Imagem (RJ) e no Museu de Arte do Rio (MAR).


 Victor Haim 



Simone Cupello



Serviço
Galeria do Ateliê inaugura Diptico com 20 trabalhos em fotografia  de diversos tamanhos e formatos dos artistas Simone Cupello e Victor Haim – curadoria de André Sheik.
Abertura: dia 29 de maio às 19h
Visitação até dia 18 de julho de 2015
Horários: Segunda a sexta de 10h às 21h | Sab de 10h às 17h
Entrada franca
Livre
Ateliê da Imagem Espaço Cultural
Avenida Pasteur, 453, Urca
Tel: 21 2541 3314
Assessoria de imprensa
21 2547 4953 e 99179 4763

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now