sábado, 21 de março de 2015

 Paul Chan 





Paul Chan (1973-) Nasceu em Hong Kong. Cresceu em Omaha, Nebrasca. Graduou-se no Art Institute of Chicago em Vídeo e Digital Art. Mestre pelo Bard College em filme, video e new medias.Participou das Bienais de Istambul, Sidney, Veneza, Guangzhan e da Whitney Biennial. Sua obra discute política, poesia, guerra, morte e desejo. Ativista lutou contra a ocupação de Bagdá e pela recuperação de New Orleans após o furacão Catrina. Vive e trabalha em Nova York. Utiliza vídeo, desenho, instalação, performance e colagem. Em 2014, foi o vencedor do Prêmio Hugo Boss. É representado pela Greene Naftali Gallery.



Prêmio Hugo Boss, 2014.


To Cat n Teh Owl, 2014. Vídeo com três canais. 



Instalação na Bienal de Lyon, 2012.


The End, 2012.


Sade for Sade's Sake, 2009. Bienal de Veneza. Foto: Premier Art Scene.



Sade for Sade's Sake, 2009. Instalação na Green Naftali Gallery.




The Body of Oh Ho-Dartin (truetype front), 2008. Pomeranz Collection.


Oh Why so Serious, 2008.


Waiting for Godot, 2007. Performance. New Orleans.


First Light, 2007. Bienal de Istambul.


The 7 Lights, 2007.



5th Light, 2006. Instalação. Foto Martin Runeborg.




3rd Light, 2006.



Constellation Series. No Cruel Unusual Punishment (Formely Perseus) 2005. 


Dead Man, 2003. MoMA, Nova York. 




Happiness (Finaly) After 35 000 Years of Civilization, 2003. Vídeo. MoMA,  Nova York.




The Operation from Drum Trilogy, 2002. Vídeo Data Banka, Chicago.













Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now