domingo, 21 de dezembro de 2014

A Exposição "Fábio Carvalho | Portfólio de Ações - 2010/2014", em cartaz na Galeria Baroni, na Bolsa do Rio, foi PRORROGADA até 9 de janeiro de 2015.



A Exposição "Fábio Carvalho | Portfólio de Ações - 2010/2014", em cartaz na Galeria Baroni, na Bolsa do Rio, foi PRORROGADA até 9 de janeiro de 2015.



A exposição traz pela primeira vez um panorama da produção de Fábio Carvalho nos últimos cinco anos, e apresenta mais de 40 trabalhos criados pelo artista entre 2010 e 2014, sendo que mais da metade dos trabalhos são ainda inéditos na cidade, e tem como destaque a série inédita “Unidade do Exército Monarca”. 
Na série Unidade do Exército Monarca ­ ou simplesmente UdEM ­, vemos uma grande quantidade de impressões de soldados segurando um fuzil, com asas de borboleta saindo de suas costas. As impressões em folhas de papel de seda foram feitas com carimbos de borracha produzidos à mão pelo próprio artista, e em seguida coladas sobre 11 telas na forma de "lambe lambe". O "Monarca" do título é uma referência à borboleta monarca (Danaus plexippus) recorrente em trabalhos de Fábio Carvalho.



Desde 2009 Fábio Carvalho nos convida a uma reflexão sobre os elementos que constituem as expectativas de gênero. Seus trabalhos operam na superposição e no conflito entre elementos tradicionais do universo feminino, em particular os padrões decorativos florais, as borboletas, a louça de porcelana, o scrapbook vitoriano, o bordado, as pérolas, as rendas e os cristais, com os estereótipos de masculinidade, como o militar, o policial, o executivo, o halterofilista, o cowboy, etc. O artista acredita que a reflexão proposta por sua produção possa nos levar a novas posturas e ações frente a uma questão tão urgente em nossos dias. Basta lembrar a quantidade absurda de pessoas agredidas e até mesmo mortas diariamente no Brasil pelo simples fato de serem diferentes.





Nos trabalhos de Fábio Carvalho ficamos frente a frente com imagens e objetos plenos de beleza, sedução e delicadeza, talvez fazendo-nos até esquecer que estes estão entremeados ou partem de elementos que representam violência e repressão, em particular tendo em mente a história recente brasileira. Estamos, portanto, diante de um dilema provocado por um discurso aparentemente contraditório, e cabe a cada um tomar a sua posição frente a este dilema.

Em seu trabalho o artista procura questionar o senso comum de que força e fragilidade, virilidade e poesia, masculinidade e vulnerabilidade não podem coexistir, propondo uma discussão sobre os estereótipos de gêneros. E agora, na Galeria de Arte do Café Baroni, temos a oportunidade de conferir trabalhos de diversas séries e épocas do artista juntos pela primeira vez.

O projeto é uma parceria entre a Caza Arte Contemporânea, Marcia Zoé Ramos Escritório de Arte e Raquel Baroni.

Sobre o artista:Fábio Carvalho já realizou 12 exposições individuais e mais de 110 coletivas no Brasil, bem como no exterior (Alemanha, Argentina, Espanha, EUA, Portugal, Rússia, entre outros). O artista participou de diversas Residências Artísticas em Portugal entre 2011 e 2014, e tem mais de 60 obras em coleções públicas e particulares (Muse de Arte Moderna MAM/RJ – RJ, Centro de Arte Contemporáneo – Cuba, Museu Bordallo Pinheiro – Portugal, Museu Porcelana Vista Alegre – Portugal, Vieira Resende Barbosa& Guerreiro Advogados – RJ, entre outras).



Serviço:
exposição “Fábio Carvalho | Portfólio de Ações - 2010/2014
galeria de arte do Café Baroni
Bolsa do Rio - praça XV de novembro n°20 – Centro
abertura: 12 de novembro, 18h
até: 9 de janeiro de 2015, seg/sex, 9 às 20h



Fábio Carvalho - Rio de Janeiro - Brasil Portfólio | Artur Fidalgo galeria | Dumaresq galeria | Artsy (EUA) | Arte Informado (ES)

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now