sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Adriano de Aquino Pinturas Recentes






A Mercedes Viegas Arte Contemporânea inaugura, no próximo dia 15 de Outubro, exposição individual com pinturas inéditas de Adriano de Aquino.

Adriano de Aquino compreende a cor como matéria. Dando segmento à pesquisa pictórica iniciada em 2007, o artista aprofundou seus experimentos sobre os suportes metálicos e sintéticos – aço / alumínio e acrílico – e intensificou sua busca pela transparência cromática, explorando as possibilidades expressivas de pigmentos e substratos de última geração. As obras da mostra foram realizadas utilizando resina sintética Poliuretano Uretane (PU) sobre placas de aço carbono ou alumínio.

Segundo Aquino, ‘as obras dessa exposição são como espelhos / imagem que, pra lá da interpretação subjetiva, refletem situações mutáveis da obra no plano físico. Incorporando ao campo da pintura as ocorrências simultâneas que acontecem nos encontros entre observador e objeto. As cores e formas intrínsecas à pintura estão presentes, todavia, a superfície espelhada reflete os acasos e incita no olhar estímulos mutantes provenientes das mudanças de luz e do entorno onde nos deparamos com os objetos no mundo real”.
O ambiente circundante é sugado pra dentro, tomado pela cor da tela

Adriano de Aquino atua no campo das artes desde os anos 60, quando participou da lendaria exposição Opinião 65, no MAM-RJ. Após um periodo de 7 anos em Paris, retornou ao Rio na década de 80 onde, além de seguir como artista, foi presidente da Associação de Artistas Plásticos Profissionais e Secretário de Cultura do Estado (2000 – 2003). 

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now