terça-feira, 12 de agosto de 2014

Sam Taylor Wood artista e cineasta








Sam Taylor Wood (Johnson) (1960-) Artista britânica trabalhando com fotografia, arte conceitual e como diretora de filmes. Graduou-se na Goldsmith College. Integrou a Young Britsh Artist e participou da exposição Sensation. Foi indicada para o Turner Prize e recebeu Illy Cofi Prize para jovens artistas da Bienal de Veneza. Seus trabalhos enfocam a figura humana em situações diversas do normal. Discute a noção de peso e gravidade. Sua vida pessoal é marcada por um divórcio amigável e dessa união teve dois filhos. Teve câncer de colon operado e três anos mais tarde câncer de mama. Submetida a mastectomia e ao tratamento quimioterápico. Deixou-se fotografar mostrando as cicatrizes cirúrgicas para uma campanha de prevenção do câncer. Casou-se novamente com o ator Aaron Johnson,  teve um filho e passou a adotar o sobrenome do marido. É representada pela White Cube Gallery.


Sam Taylor Wood and Henry Bond, 1993. Baseado na fotografia de  Annie Leibovitz com o casal Yoko Ono e John Lennon.


Brontosaurus, 1995.

Self-Portait in a Single Breasted Suit with Hare, 2001.


Pietá, 2001.


Still Life, 2001. Vídeo.




After Mantegna, 2002.  Fotografia baseada em obra de Mantegna com câmera 360o


Sleep, 2002.



Self Portrait Suspended, 2004.


Self-Portrait Suspended VIII, 2004.


Bram-Stockers-Chairs II, 2005.


Portrait of Amir Khan, 2005. Turbine Hall.


That whitye rush, 2007. C-print Coleção particular.


Scape Artist. Primary Colours, 2008.


Escape Artist II, 2008.

Ghost X, 2008.



Serie Crying Man, 2009. Os atores convidados eram estimulados a se posicionar tais como santos bizantinos ou medievais.


    Daniel Craig


Forest Whitaker


Laurence Fishburne.



Paul Newman

   Jud Law.


Hayden Christensen.



Robert Downey Junior



21th century fox, 2008.







Ivan C-print



San Taylor Wood e seu marido Aaron Johnson.



San Taylor-Wood: Crying Man _ Steidl/Mathew Gallery, 2004.
Sensation Young British Artist from the Saatchi Collection _ Royal Academy of Arts, 1999.


Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now