quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Eugéne Delacroix



Ferdinand Victor Eugène Delacroix (1798-1863) Nasceu em Saint-Maurice e morreu em Paris. Filho de abastada família, teve esmerada educação. Há dúvidas quanto a sua paternidade, seu pai legal Charles foi ministro da República, mas especula-se ser o príncipe Tayerande seu pai biológico. Estudou música no conservatório e pintura na École de Beaux-Arts. Foi aluno de Guérin em pintura e de Soulier em aquarela. Influenciado por Rubens, Rafael, Velazquez e Veronese. Esteve em Londres, onde foi inspirado pelo poeta Lord Byron e o pintor John Constable. Numa viagem a Africa, foi em busca de novos temas e coloridos, de lá veio a sua fase do Orientalismo
Foi membro da Academia de Belas Artes, Paris. Decorou os palácios Bourbon e de Luxemburgo e a biblioteca de Saint-Sulpice. Pintou temas exóticos, religiosos, do cotidiano, políticos e históricos.Ilustrou obras de Shakespeare, Walter Scott e Goethe. .Portrait de Eugéne Delacroix. Fotografia de Nadar.


Death of Lara, 1820. Aquarela. J.P. Getty Museum, Los Angeles



Liberty leading the People, 1824. Museu do Louvre, Paris.




The Massacre of Chios, 1824. Museu do Louvre, Paris.



A Mortally Wounded Brigand Quenches his, 1825.


Royal Tiger, 1829. Metropolitan Museum of Art, Nova York



Self-Portrait, 1834. Museu do Louvre, Paris.



Two Women of Algiers (in Their Apartment) 1834. Museu do Louvre, Paris.

Madame Henri François Riesener ( Félicité Longrois), 1935. Metropolitam Museum of Art, Nova York.


The Abduction of Rebecca, 1846. Metropolitan Museum of Art, Nova York.



The Good Samaritan, 1849. Coleção particular.




The Storm on the Sea of Galilee, 1854. Walters Art Museum, Baltimore.



Tiger Hunt, 1854. Musée d'Orsay, Paris.



The Education of Achiles, 1862. Óleo e pastel. J.P. Getty Museum, Los Angeles.










O Museu Eugène Delacroix foi construído em seu último apartamento, onde ele viveu até sua morte. A Associação de Amigos de Eugène Delacroix adquiriu o atelier e o jardim e doou ao governo francês. Em 1954, ele foi transformado em museu nacional e incorporado ao acervo do Louvre. Há obras, muitos documentos, cartas e objetos pessoais do artista. Rue Furstenberg, 6.

Um comentário:

Anônimo disse...

gostei do site

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now