domingo, 23 de dezembro de 2012

Imagem Semanal O Nascimento de Jesus


"Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles".
Mateus 1:21
O nascimento de Jesus é considerado o tema mais representado em pintura. Alguns exemplos durante séculos.
A todos os leitores os agradecimentos e votos de Feliz Natal



Autor desconhecido. The Nativity, 1025-1050. Maria está deitada numa rica cama, Jesus dorme num berço e José está a direita dela. Seis anjos olham o menino. Outro anjo anuncia para os pastores a chegada do Messias aos pastores. J.P. Getty Museum, Los Angeles.






Bartolo di Fredi (1330-1410) Nasceu em Siena. Foi um dos mais importantes nomes da Escola de Siena do século XIV. Foi influenciado por Simone Martini e Duccio. Trabalhou em San Giminiano, onde decorou sua principal Igreja. Nativity, 1383. Museu do Vaticano. A obra era composta de vários painéis e feita para a igreja de S. Francesco, Montalcino. Foi desmembrado e  as partes estão distribuídos por vários museus.







Francesco di Giorgio Martini (1439-1501) Nasceu em Siena. Foi pintor, escultor arquiteto e engenehiro. Construiu a Catedral de Siena e foi responsável pela construção de quase 70 edificações militares para o Duque de Urbino.  The Nativity with Two Angels and Sts Bernard and Thomaz Aquino, 1475. Pinacoteca Nazionale, Siena.





Domenico Ghirlandaio (1449-1494) Seu verdadeiro nome era Domenico Tomamoso Bigordi e Ghirlandaio veio de sua habilidade na pintura de guirlandas. Nasceu em Florença, foi aluno de Alesso Baldo e recebeu grande influência da pintura holandesa. Foi professor de Michelangelo e de Francesco Granacci. Seus principais trabalhos estão não Palazzo Vechio e na Capela de Santa Novella. Foi a Roma pintar um afresco na Capela Sistina. Nativity ou Adorazonie dei Pastori 1485. Capela de Santa Trinità, Florença. Maria ajoelhada diante da criança, à esquerda São José e à direita estão três pastores, um deles o próprio artista. A cidade ao fundo é identificada como Jerusalém. A árvore morta significa a sua queda. A cidade à esquerda representa Roma com os túmulos dos imperadores Augusto e Adriano. Na estrada à esquerda, há uma longa procissão composta pelos Reis Magos passando pelo arco.



Fra Fillippo Lipi( (1406-1469) Pintor florentino renascentista. Ficou órfão ainda criança, foi criado por uma tia, que o encaminhou para carreira religiosa. Aos 16 anos foi admitido num convento. Há poucas informações sobre sua formação, mas foi influenciado por Masaccio e Fra Angelico. Foi professor de Botticelli. Pintor habilidoso e um grande colorista. Seu tema principal foram as cenas religiosas. Enviado a Prato para decorar com afrescos a catedral, apaixonou-se por uma noviça com quem teve um filho. O Papa dispensou os dois dos votos e permitiu o casamento. O período de Prato é considerado o ápice da carreira do artista. De Prato foi para Spoleto, onde morreu. Madonna in the Forest (1460) Staaliche Museum, Berlim. A Madona está com uma túnica azul reverenciando a criança deitada sobre flores. À esquerda um anjo e ao fundo José. Acima do menino, estão representados o Espírito Santo e o Pai.




George de la Tour (1593-1652) Pintor francês barroco. Nasceu em Vic-sur Seich, Lorena. Estabeleceu seu ateliê na pequena cidade de Luneville. Seus temas prediletos eram as cenas religiosas e aquelas do dia a dia. Tornou-se conhecido e angariou grande prestígio. Foi nomeado Pintor do Rei em 1638. Foi influenciado por Caravaggio dedicando-se ao uso do claro e escuro. Nativity ou L' Adoration dês Berges (1644) Museu do Louvre. Três homens e duas mulheres circundam a criança posta em destaque pela iluminação sobre ela. La Tour utiliza-se dos marrons, terras, ocre e bege na maioria de suas composições.





 Paul Gauguin (1848-1903) Pintor francês pós impressionista. Nasceu em Paris. Viveu em Lima, Peru até aos 7 anos. Aos 17 anos, entrou para Marinha Mercante e correu o mundo. Trabalhou como corretor na Bolsa de Valores antes de começar sua carreira como pintor. Viajou para o Taiti em busca de novos temas. Dessa época suas telas abordam o erotismo e o exotismo do local.La Naissence du Christ à la Tahitiene, 1896. Hermitage Museu






 Marc Chagall (1887-1900) Pintor, gravador e vitralista russo. Nasceu em Vitebk na Rússia uma pequena cidade, onde metade era de judeus. Começou seus estudos com Yuri Pen, artista de sua cidade. O ídiche foi sua lingua até aos 17 anos. A partir daí, começou a aprender russo, pois foi selecionado para estudar na Academia de São Petersburgo. Morou em Paris, onde conheceu os amigos Apollinaire, Max Jacob, Modigliani, Cendras e Delaunay. Com elementos do Fauvismo e do Cubismo construiu uma linguagem pictórica única. Muitas de suas obras vem de recordações infantis, das lendas, contos e histórias russas judaicas e cristãs. Após a guerra em que derrotou o regime czarista, Chagall retornou a São Petersburgo e foi nomeado comissário de belas artes em sua cidade natal, onde, também, fundou uma escola aberta a todos os estilos. Divergências com o grande Malevitch o levaram à demissão. Nesse período, pintou murais para o teatro judeu de Moscou. Casou-se com Bella. Retornou a Paris. Ilustrou a Bíblia, Almas Mortas de Gogol, as Fábulas de La Fontaine e sua autobiografia. Entre 1941 e 1947, morou nos Estados Unidos, onde morreu sua mulher Bella. Retornou a França e criou os vitrais para Sinagoga da Universidade de Jerusalém e da catedral de Metz. Visitou Israel muitas vezes para realizar obras por encomenda. Recebeu a Grã Cruz do governo francês. Morreu em Saint-Paul de Vince.Nativity, 1950. J.P. Getty Museum, Los Angeles.








http://marciofo.blogspot.com/ O blog da arte.


Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now