quinta-feira, 17 de maio de 2012

Conversando sobre Arte João Manoel Feliciano.

João Manoel Feliciano artista multimídia com forte relação com a performance. Vive e trabalha em Recife, Pernambuco. Obrigado João.

Quem é João Manoel Feliciano?
Sou taurino natural de Recife embora sempre tenha vivido em Olinda,sou filho com muito orgulho do geógrafo Manoel Feliciano e da socióloga Joerilda Moura Vieira.
Não sou bom com nomes ,exceto nomes inesquecíveis, embora tenha melhorado também não sou bom com números. Gravo bem as Imagens,tenho memória fotográfica e quando sou bom com nomes e números foi por causa das imagens que eles trazem junto. 

Quando você começou a se interessar pela arte?
Desde sempre, desenhava desde pequeno e me interessava por musica embora sem muito ritmo, depois o interesse por fotografia ,vídeo e as demais linguagens e mídias foram naturais .

Qual foi sua formação artistica?
Sou formado em Artes Plásticas pela UFPE e fiz alguns cursos de arte contemporânea .

Que artista influenciaram seu pensamento?
Joseph Beuys ,Marcelo Coutinho, Chagall, Andy Warhol, Marcel Duchamp ,Oriana Duarte , Nelson Leirner etc .

Como você descreve seu trabalho?
Meu trabalho é muito ligado aos símbolos e as imagens que emanam deles mesmo quando faço performance ou vídeo a interação e alquimia dos elementos simbólicos e o que se consuma disso é o que me interessa.

Como o artista é remunerado por uma performance?
Já fui remunerado alguma vezes como no programa Mamam no pátio em 2009 e em 2008 nas tardes performáticas do Spa ,mas muitas vezes você tem que fazer por conta própria como foi o caso de Crystallus Capillus em 2007.Muitas vezes você simplesmente tem que fazer .




Performance Chorda Mamam no pátio, 2009.






Performance Matheus 6:26:27.







É possível viver só de arte no Brasil?
Claro, é possível,mas não é fácil e ainda não é o meu caso.

O que você estuda? Como você se atualiza?
Procuro exercitar meu olhar e me manter em sintonia com as coias que acontecem ao meu entorno .
Tenho muito interesse em antropologia,principalmente os autores ligados ao imaginário coletivo e a fenomenologia poética como Gaston Bachelard, Gilbert Durand, Castoriadis, Balandier e etc,também leio muito sobre mitologias em geral.E me atualizo naturalmente procurando informações estéticas na musica,cinema etc.Para mim a melhor maneira de se atualizar e aprender é procurar o que lhe emociona .

Qual sua opinião sobre os salões de arte? Alguma sugestão para aprimorá-los?
Não sou muito ligado aos salões , claro vez ou outra eu me inscrevo em um ,mas eu não gosto do formato ,também odeio burocracia e Salão para mim parece uma coisa muito burocrática .Como não acompanho de perto não tenho sugestões para melhora-los .

O que é necessário para se tornar um ícone em artes plásticas?
Eu nunca pensei sobre isso,mas se ser ícone é ter sucesso, acho que não só na arte como na vida isso ‘o sucesso’ só pode ser alcançado com a verdade naquilo que você faz.

Quais são seus planos para o futuro próximo e distante? Fale dos seus sonhos Bienal, mercado internacional etc...
Eu sempre quero mostrar meu trabalho para o Máximo de pessoas possível geralmente coloco títulos em latim em meus trabalhos porque o latim como fonte vocabular para a ciência, o mundo acadêmico e o direito. Prescinde de tradução em qualquer língua, resumindo uso o latim porque acredito na universalidade da arte e no seu proceder






Cuprum Capillus, 2008  Foto João Manoel Feliciano.






Crystallus Capillus.





Ocullus Capillus.





Viola Cappilus.





Frame do vídeo Barca Capillus.


http://cargocollective.com//joaomanoelfeliciano

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now