quarta-feira, 14 de março de 2012

Dionisio del Santo


Donísio del Santo (1925-1999) Nasceu em Colatina, Espírito Santo. É considerado um dos grandes nomes da serigrafia brasileira. Doou grande parte de sua obras para o Museu de Arte do Espírito Santo MAES, que leva seu nome.  Pintor, desenhista, gravador e serígrafo auto didata. Em 1966, mudou-se para São Paulo e começou sua carreira com aulas de modelo vivo e teoria das cores na Academia Brasileira de Desenho. A partir de 1952, dedicou-se a xilografia e a serigrafia. Aproximou-se do Concretismo e da arte cinética. Entre 1964 e 1968 dedicou-se a produção de guaches. Recebeu o prêmio de aquisição da 9a Bienal Internacional de São Paulo. O museu de arte do Espírito Santo MAES receu em homenagem ao grande artista o nome de Dionísio del Santo





Composição com vacas. 100x120 cm Coleção particular.





Labirinto espaço, 1979 Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro.




Guache sobre papel. Coleção particular.





Permuta VI, 1979. Coleção particular.





Serigrafia fluorescente, 1970. Coleção particular.





Viagém.




Arte cinética.





Vaqueiro laçador.


Retrospectiva na Caixa Cultural.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now