quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Joseph Beuys A Revolução Somos Nós

Para uma admirador da obra de Beuys, a ida ao SESC Moema para uma visita à exposição A Revolução Somos Nós valeu a pena, ainda que seja distante e um custo elevado do taxi. 250 obras criadas entre 1964 a 1986, a maioria cartazes, que colocados em três filas nas paredes criam dificuldades para acompanhar o desenvolvimento do seu trabalho. Você acaba se fixando naqueles mais conhecidos. Os vídeos de qualidade técnica razoável abordam aquele momento da história e política da época.O pequeno número de objetos é que dão força à mostra. Beuys um dos criadores da arte contemporânea pela via da criação vivencial, está bem representado nessa exposição. O SESC Pompéia é uma beleza com teatro, biblioteca, oficinas de arte, cursos e salão de exposição tudo muito bem cuidado e com monitores prontos para atender aos visitantes. De São Paulo.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now