domingo, 29 de agosto de 2010

Imagem Semanal A Rainha Elizabeth II













































"…Full saturate colours have an emotional sigficance, I wish to avoid".









Lucien Freud









Alexandra Mary de Windsor (1926-) Rainha Elizabeth II, filha do Rei Jorge VI e Eliabeth Bowes-Lyon. Foi educada em casa. Estudou História e linguas modenas. Em 1947, casou-se com Phillip de Mounbouten. Tiveram quatro filhos Charles, Anne, Andrew e Edward. Com a morte de seu pai, após um ano de luto, foi coroada Rainha em 1953 na Abadia de Westminster. Não é uma apaixonada por artes, mas sua coleção particular tem mais de 500 000 itens, incluindo obras de Van Eyck, Leonardo da Vinci, Michelângelo, Vermer até o contemporâneo Lucien Freud. Durante seu longo reinado, Elizabeth II foi fotografada e retratada por diferentes artistas. Algumas dessas obras:









Time Magazine Capa (1929) Fotografia de Elizabeth aos dois anos (1928) feita pelo fotógrafo real Marcus Adans e publicada pela revista Time. FotoI
Philip Alexius de László (1869-1937) Nasceu em Budapeste e morreu em Londres. Estudou em sua cidade natal e em Munique. Pintor húngaro dedicado à pintura de retratos especialmente da aristocracia real. Em 1907, mudou-se para Londres, onde se fixou. Substituiu o grande retratista americano John Singer Sargent. É considerado um grande pintor, mas ficou esquecido em virtude de sua obra tão específica. Foi descoberto recentemente com uma exposição e o lançamento do catalogue raisonné. Princess Elizbeth of York (1923) Retrato da rainha aos sete anos. Coleção da Rainha da Inglaterra. FotoII
Sir William Dargie (1912-2003) Um dos mais famosos pintores australianos especializado em retratos. Foi comissionado para pintar o retrato da Rainha Elizabeth II em sua primeira visita a Austrália. "wattle painting" of Queen Elizabeth (1954) A pintura mostra a rainha sentada usando um vestido com motivos de bambu bordado em ouro. É o mais famoso retrato da Austrália. William Dargie serviu no exército durante a Segunda Guerra e recebeu o título de Sir. FotoIII
Andy Wahrol (1928-1987) Pintor e cineasta americano. Foi o grande nome da Pop Art. O retrato faz parte da série Reigning Queens. O retrato foi baseado numa fotografia para comemorar o jubileu de prata de sua coroação em 1977. Queen Elizabeth II (1985) Andy Wahrol Foudation for Visual Arts. FotoIV
Gerhardt Richter (1932-) Nascido em Dresden é um dos mais respeitados artistas dos séculos XX e XXI. Formou-se na Dresden Art Accademy . Com Polke e Fischer-Lueg fundaram o grupo Capitalismo Realista. Apresentou-se na Bienal de Veneza e na Documenta de Kassel. Teve retrospectiva no MOMA, Nova York . O Queen Elizabeth II, baseado numa foto de jornal, faz parte de sua série de retratos. Offset print on lightweight callboard (1966). Tate Gallery. Vive e trabalha em Colônia. Foto V
Lucien Freud (1922-) Nasceu em Berlim. Em 1933, mudou-se com a família para Londres. Em 1933, tornou-se cidadão britânico. É considerado o maior pintor figurativo vivo. Estudou na Central School of Art e na Goldsmith School of Arts. Freud retomou uma tradição dos monarcas ingleses serem retratados pelos maiores nomes de suas épocas. Holbein retratou Henrique VII, Ticiano Charles V e van Dyck Charles I. A rainha posou para Freud usando a tiara de diamantes e o retrato pertence a sua coleção particular. O retrato sofreu severas críticas por ele te-lo feito em seu estilo. Foto VI
King Dong Yoo (1965-) Artista coreano do sul. Seu estilo é da Pop Art. Fez uma série de retratos a óleo de diferentes personalidades incluindo o da Rainha Elizabeth II . Quenn Elizabeth II VS Diana (1997). Coleção particular Foto VII









Annie Leibovitz (1939- ) Nasceu em Westford, Connecticut. Famosa fotógrafa americana conhecida por seus retratos em que busca a colaboração entre o artista e o modelo. Fez uma série de retratos da Rainha Elizabeth II. Annie Leibovtz ganhou fama trabalhando nas revistas Rolling Stone e Vanity Pair.Publicou seis livros. Assumiu publicamente sua ligação amorosa com Suzan Sontag Foto VIII


















Sugestões: Andy Wahrol. Mr. America _ Pinacoteca, 2010.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now