quarta-feira, 31 de março de 2010

Christine Borland

Set Conversation Piece. Royal Leominghon SPA Art Gallery and Museum. A cabeça da criança está encaixada na pelvis da mãe pronta pra o nascimento. Os desenhos azuis da porcelana, na criança e na mãe, conferem a transmissão genética. As peças são confeccionadas basedas em desenhos de porcela de Liverpool de século XVIII.

Spirit Collection Sean Kelly Gallery. Em cada vidro há uma folha conservada em mistura de álcool e água. Essas folhas são de carvalhos, plantados na University of Glascow, cujas sementes foram obtidas em uma árvore em Kos, Grécia, onde Hipocrates, o pai da Medicina, ministrava aula para seus alunos protegidos pela sombra.

Twin Phanton (1997) Tate Gallery. A reprodução de bebes utilizados pelos médicos para ensinar aos alunos como fazer o parto no século XVIII.



Black, White and Shades of Grey (2006) Lisson Gallery. Quando trabalhava na Glensddish Destillery, Glascow, ela observou a descoloração das árvores ao redor da fábrica. O problema era causado por um fungo produzido durante a evaporação do alcool secundária a maturação do whisky.







Christine Borland (1965-) Nasceu em Darvel, Escócia. Graduou-se na University of Uster. Fez pós graduação Glascow School of Art e em Berlim. Christine faz uma abordagem poética da relação entre arte e medicina e pesquisa. Abrigada na Glascow School of Art ela faz pesquisa médica e forense. Foi indicada para o Turner Prize. Participou da Bienal de Veneza. Vive e trabalha em Glascow. Christine Borland fez parte da Young British Artista.

Nenhum comentário:

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now