domingo, 14 de outubro de 2018

Imagem Semanal: O Misterioso Banksy



Banksy (1973-) É o pseudônimo. Há quem diga que o seu nome verdadeiro é Robin ou Robert Banks, mas essa é apenas uma suposição. Outras pessoas suspeitam que a identidade verdadeira do artista seja Robin Gunningham. Nasceu em Bristol, Inglaterra. Sua verdadeira identidade é discutida e ele se mantém escondido das mídias. Utilizando-se de estêncil, seus trabalhos tem  excelente qualidade, em Londres e muitas outras cidades da Inglaterra e outros países.Seus grafites começaram a aparecer em 1993, fazendo referência a sociedade contemporânea com forte viés revolucionário e anti guerra. Os assuntos prediletos são os sociais e políticos. Alguns de seus trabalhos saem das paredes e são transportados para um suporte e vendidos em galeria de arte. Até uma casa foi vendida como um grafite de Banksy.  É cineasta, teve filme exibido no Festival de Sundance. Em 2011, seu filme Exit Trouhgh the Giftshop foi indicado para o Oscar na categoria de documentário.


Brexit. Dover.

Shop Until You Drop. Londres.

Grosvenor. Londres.

Thinker. Palestina.


Peaceful Hearts Doctor. Chinatown, São Francisco.


 Kissing Coppers.  Brighton (Inglaterra).

Soldier Throwing Flowers. Palestina.

Guantamano Prisioner.

Barely Lega. Los Angeles.

Guard With Balloon Dog. Toronto


Sweep It Under The Carpet. Londres.


Toxic rat. Londres.


Steve Jobs. Calais
"Somos muitas vezes levados a acreditar que a migração drena os recursos de um país, mas Steve Jobs era filho de um imigrante sírio. A Apple é a empresa mais rentável do mundo, paga mais de 7 mil milhões de dólares por ano em impostos e só existe porque autorizaram a entrada a jovem de Homs."

stop and search
Stop and Search. Palestina.


The Elephant in the Room. Califórnia.

Nova York


Mural pintado por Banksy numa loja no norte de Londres durante o jubileu de diamante da rainha, em 2012; a obra teria sido posteriormente 'roubada' em fevereiro de 2013 (Foto: Haringey Council/AP)





Nova York

Moscou.

You Loot We Shoot. Nova York.




A última polêmica do artista.

Minutos depois de o quadro Menina Com Balão ser arrematado na casa de leilão Sotheby's, em Londres, a tela se autodestruiu. A compradora pagou 1000000 de Libras e ficará com a obra agora chamada  Love is in the Bin, título escolhido pelo artista.

sábado, 13 de outubro de 2018

O mundo sobre a pele - Felipe Veríssimo Curadoria: Renata de Lorenzi

Formas e contornos sem qualquer racionalidade. Intuitivas. Inspiradas na geometria caótica, nas ruas e na arquitetura das grandes cidades. Esse é o mote das seis telas do artista plástico Felipe Veríssimo, que estarão expostas na mostra “O mundo sobre a pele”, em cartaz a partir do dia 16 de outubro, terça-feira, das 11h às 18h, na galeria da Tatuaria Take It Easy, em Vila Isabel.
Com curadoria de Renata de Lorenzi, a mostra é inaugurada no dia 16, às 19h, e permanece em cartaz no local até o dia 31 de outubro. Felipe Veríssimo, que também é tatuador, se inspira na ocupação, na arquitetura, nas formas e na exploração do espaço urbano para a construção do seu trabalho. As ruas e a arquitetura se transformam em linhas que compõem o espaço de uma maneira peculiar, transcendendo o que se vê e evidenciando um sutil sentimentalismo, subjetividade e intensidade em sua composição.
“Tudo o que está dentro, está fora. E tudo o que está fora, está dentro. Eu tento trabalhar essa construção. Uso linhas retas nos quadros, como se fosse uma dança mesmo. Leve e com ângulos de 90 graus”, explica o artista. “Os trabalhos geométricos tendem a ser um pouco pesados, mas essa dança abstrata de linhas, se traduz numa grande leveza”, completa.
Veríssimo, recentemente, esteve em cartaz na mostra coletiva “Escola em Transe”, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e na Galeria Úmida com a exposição individual “cumpliCIDADE”. Seu trabalho possui grande influência de movimentos como a arte alemã e russa (Neoexpressionismo e o Construtivismo) e suas obras apresentam grande vitalidade, força e estilo, no que podemos denominar de pintura contemporânea. Escher, Kandiski, além de artistas brasileiros, como Ligia Clark e Elio Oiticica, fazem parte do seu hall de referências.
As inspirações no espaço urbano também levaram Veríssimo a escolher a Tatuaria Take It Easy como local para receber a mostra. “É uma forma de incentivar a arte e o hábito de ver exposições na Zona Norte. Não temos muitos espaços dedicados à arte por aqui”, explica ele, que também atua como tatuador no local, imprimindo nos corpos o seu estilo geométrico.
O MUNDO SOBRE A PELE – Pela curadora Renata de Lorenzi
Acredito que quando estamos diante de um trabalho com grande potencial artístico, vemos nele um infinito de possibilidades de entendimento. O trabalho de pintura de Felipe Veríssimo em diálogo com suas tatuagens nos traz um emaranhado de caminhos possíveis.
Hoje, nosso recorte sobre a exposição presente paira sobre a discussão dos limites suscitados pelas telas de corpo e de pintura aqui presentes.
“Não há nenhuma afecção do corpo da qual não possamos formar algum conceito claro e distinto” afirma Spinoza. Nesta lógica, o corpo é nosso instrumento de aferir o mundo, a partir dele criamos afecções que são simplesmente computações destiladas, sem nenhum outro componente, sobre o mundo.
Em um segundo momento, essas afecções unem-se aos pensamentos e podemos conferir a elas afetos. Do afeto, podem-se criar uma rede de conexão de pensamentos, com combinações e componentes de qualquer ordem. Sendo assim, em nossos pensamentos experienciamos uma liberdade única, impossível ao mundo sobre a pele, esse mundo externo a nós. Deste profundo interior, surgem formas impossíveis, organizações embaralhadas que podem ser devolvidas ao mundo externo, na forma de arte.  As pinturas e as tatuagens criadas por Felipe, conferem traços à pele e afetos aos corpos.
Nesta exposição os limites são apenas físicos: no mental reside o infinito. Aqui, a pele é o limite do corpo, a tela o limite da pintura, o traço o limite da forma e a arte o não-limite de tudo.
SOBRE FELIPE VERÍSSIMO: Nascido em 1983, Felipe Veríssimo começou a se dedicar à arte ainda criança quando ingressou em seus primeiros cursos de desenho e pintura. Em 2008, iniciou os estudos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Com uma consciência artística mais madura devido a um processo sistêmico de estudos e pesquisas, suas obras chegaram a uma identidade visual original. O seu processo de criação é estruturado de maneira quase intuitiva tendo como principal inspiração a geometria e a dinâmica da cidade. Para saber mais: www.facebook.com/artistafelipeverissimo
SERVIÇO:
O MUNDO SOBRE A PELE
Mostra individual
Artista: Felipe Veríssimo
Curadoria: Renata de Lorenzi
Local: Galeria da Tatuaria Take It Easy
Quando: De 16 a 31 de outubro de 2018.
Inauguração: Dia 16, terça-feira, às 19h.
Horário de visitação: das 10h às 18h (exceto quartas e domingos).
Endereço: Rua Barão de São Francisco, 322 – sala 201, Vila Isabel.
Telefone e informações por WhatsApp: (21) 98226-6996.
GRÁTIS. Livre.

Convite expo Bagagem - terça 16/10 Monica Barki. Curadoria Frederico Dalton


Regina Vater na Galeria Jaqueline Martins, São Paulo

R

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Egon Schiele





Egon Schiele (1890-1918)  Nasceu em Tulln an der Dnau e morreu em VienaCom a morte de seu pai, foi entregue aos cuidados de seu tio. Esse apoiou seu interesse pelas artes. Em 1926, foi admitido na Akademie der Bildenden Künst, Viena. Sem se adaptar às exigências acadêmica, abandonou a Universidade. Fundou com amigos o Neukunstgroupe. Seus trabalhos iniciais foram influenciados por Klimt Sua obra enfatiza a figura humana e a sexualidade Sua entrada no cenário da arte de Viena foi consequência ao seu conhecimento com Gustav Klimt, que além de comprar alguns de seus trabalhos apresentou amigos importantes. Em 1911, passou a viver com uma jovem modelo de 17 anos, Valerie. Essa relação com uma jovem e suas obras de nus, criaram problemas para o artista. Em 1915, afastou-se de Valerie e casou-se com Edith. Serviu no Exército por dois anos.  Em 1918, participou de sua primeira exposição. Ele e a mulher morreram em consequência à gripe espanhola.



Portrait of Anton Peschka, 1909


Gerti in Front of Ochre-Colored Drapery, 1910. Albertina Museum, Viena.



Fields of Flowers, 1910.



Portrait of the Publisher Eduard Kosmack, 1910.



.
The Cellist, 1910. Albertina Museum, Viena.



Totes Mädchen, 1910. Coleção particular.



Girl Putting on Schoe, 1910. MoMA, Nova York.




Self-Portrait, 1911. Metropolitan Museum of Art, Nova York.



Pregnant Woman And Death, 1911.



Abrazo Amantes II, 1911



Girl Seen in a Dream, 2011. Metropolitan Museum of Art, Nova York.



Seated Girl with Raised Leg Left, 1911.




Two Girls, 1911.




Prostitute. Dirne, 1912. MoMA, Nova York.



Self-Portrait, 1912. Coleção particular.




Nude with Violet Stokings and Black Hair, 1912. MoMA, Nova York.



Portrait Of Valerie Neuzil, 1912. Leopold Museum, Viena



Two Women Embracing, 1913. Metropolitan Museum of Art, Nova York.



Gustav Klimt im Blauem Malerkittel, 1913. Leopold Museum, Viena.

Reclining Female Nude with Legs Apart, 1914. Albertina Museum, Viena.

.

Desk, 2014.



Self-Portrait as St. Sebastian, 1914. Coleção particular.




Old Houses in Krumau, 1914. Albertina Museum, Viena.




Street Car, 1914. Metropolitan Museum of Art, Nova York



Double Self Portrait, 1915. Coleção particular.


Seated Couple, 1915. Albertina Museum, Viena.



Self-Portrait, 1916.



Portrait of Johann Harms, 1916. Guggenheim Museum, Nova York.


Landscape with Houses, 1917. Metropolitan Museum of Art, Nova York.

Seated Woman. Back View, 1917, Metropolitan Museum of Art, Nova York.


Lilly Steiner, 1918. Metropolitan Museum of Art, Nova York.




Steiner, R. _ Schieler: Taschen, 2005.

Maurizio Cattelan

Maurizio Cattelan
Now